quinta-feira, 12 de janeiro de 2023

Em Busca do EU DIVINO


"O amor é uma qualidade da vida Divina. Por isso, não encontrareis o amor se não conseguirdes fazer correr essa vida em vós: uma vida purificada, iluminada pela prática das virtudes.

Vós procurais o amor e acreditais que ele vai chegar do exterior, sob a forma de um ser que será exatamente como o esperais: agradável, belo, generoso, paciente... Vós, sois resmungões, egoístas, coléricos, e o amor tem de se vos apresentar sob a forma de um Anjo! Ora bem, ficai sabendo que o vosso amor será precisamente o reflexo de vós próprios. Mesmo se tiverdes um Anjo ou um Arcanjo nos vossos braços, nada sentireis do seu esplendor enquanto não estiverdes abertos ao mundo Divino."

Este é mais um texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov que nos revela a nossa essência. Sim! Cada Ser é Energia Consciencial Divina manifestando-se na fisicalidade, com as limitações impostas por essa mesma fisicalidade, que inclui não só os aspectos materiais biológicos e biofísicos, mas também o funcionamento bioenergético comandado pela mente e por todas as formas de sentimento que vamos desenvolvendo ao longo da vida.

Na nossa programação normal, durante toda a nossa vida, buscamos a felicidade, no entanto procuramos esses momentos, através de estereótipos impostos por uma sociedade que o faz depender de determinadas formas de abundância material. Mesmo assim, vamos atraindo esses momentos sem nunca ficarmos satisfeitos, porque ignoramos o sentir da nossa alma.

Tal como refere o texto, esses momentos de felicidade correspondem a sentir essa qualidade Divina a que chamamos de Amor e que acreditamos que vai fluir sempre do exterior, através da personificação de alguém que idealizamos. Porém vamos sempre encontrando pessoas com as quais nos espelhamos e por isso, por vezes vamos encontrando virtudes, mas na maior parte dos casos apenas vamos encontrar os nossos próprios defeitos.

No momento que descobrires que afinal esse Amor já existe e sempre existiu dentro de ti, então descobres igualmente a tua Essência Divina que a podes expandir e vivenciar em cada momento da tua vida, enquanto ser humano. Só desta forma vais poder viver uma verdadeira felicidade em comunhão com todas as entidades que fazem parte da tua hierarquia espiritual.

Porém, nada disto acontecerá enquanto não estiveres aberto para esse mesmo mundo Divino e deixares esse cepticismo objector de que nada sentes, nada vês e nada és, muitas vezes por seres demasiado mental ou demasiado materialista.

Por isso o autor do texto também nos refere que mesmo que tivermos um Anjo ou um Arcanjo nos nossos braços, nada sentiremos do seu esplendor enquanto não estivermos abertos ao mundo Divino, pois só iremos encontrar nele o que não gostamos em nós.

Assim, experimenta sentir-te sempre muito amado(a) começando por explorar a tua própria divindade. Descobrindo o imenso fogo que arde sem se ver, como diz o poeta, e que já habita em cada um de nós. 

Podes fazê-lo através da meditação diária, através do silenciamento da tua mente, em busca da tua vacuidade onde começarás por encontrar uma imensa PAZ.

Fica bem

(A Mónada)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2022




UMA EXCELENTE ENTRADA NO ANO DE

2023



Que o vosso coração seja, em todos os dias deste
novo ano
banhado pela

LUZ do AMOR
Fiquem bem
(A Mónada) e MARLIZ

                       Breves Previsões Astrológicas para 2023

Será um ano muito marcado pelos signos Terra: os períodos de Mercúrio retrógrado serão no elemento Terra. Vamos rever e reavaliar toda a parte material da nossa vida, a estrutura profissional e financeira e a forma como gerimos os nossos recursos e talentos assim como a nossa expressão material no mundo.

Júpiter vai circular rapidamente no signo de Carneiro entrando em Touro a 16 de Maio, trazendo energia e vitalidade aos que têm o Sol neste signo, mas também dinamismo relacional aos Balanças e reflexão sobre valores de ação e transformação em Capricórnios e Caranguejos. Os signos de Fogo sentirão vontade de expansão e devem aproveitar a energia para algo que seja construtivo para o mundo de forma a tanta vitalidade fogo que arde e apenas consome, sem dar frutos!

A 16 de Maio Júpiter vai entrar em Touro e não volta a entrar em Carneiro e fica em Touro até maio de 24! Não é raro Júpiter em Touro trazer crises económicas e de valores, principalmente com a entrada de Plutão em Aquário e de Saturno em Peixes. Em Touro, Júpiter traz-nos ciclos de contração e expansão … para alguns, muita prosperidade e, para outros, precariedade. É altura de pôr os nossos valores em ação e de forma prática.

É em Março que tudo começa a mudar...

Saturno entra em Peixes a 7 de Março onde irá ficar durante dois anos! Estará a fechar-se a roda astrológica e por isso estamos a chegar ao fim de um enorme ciclo… em que passamos a estar mais à procura do novo porque o antigo já não tem validade. 

É preciso abrirmo-nos ao novo e aprender a largar o passado. Pode ser uma fase de cura para os nossos familiares mais velhos. Há também uma tendência a ficarmos perdidos por não saber o que vem a seguir e por isso procurar fugir, através de substâncias que nos permitam fugir à realidade. O nosso sistema imunitário pode precisar de atenção e ser reforçado e estarmos mais sensíveis. 

Pelo lado positivo, esta sensibilidade pode orientar-nos para a espiritualidade e para a cura. Saturno em Peixes pode gerar confusão com ideologias e políticas que trazem ilusão. 

Com Júpiter em Touro devemos reconhecer que somos mais que os nossos recursos materiais e com Plutão em Aquário há mesmo uma eliminação do passado a acontecer. 

Plutão ainda regressa a Capricórnio várias vezes antes de entrar definitivamente em Aquário no final de 2024… 

De facto Plutão fará a sua primeira entrada em Aquário a 23 de Março e trará uma vontade de rebelião em relação às condições existentes e que já não funcionam na nossa vida! É tempo de revolução e de movimentos de luta pelos direitos humanos. 

Aquário representa também a presença de tecnologias e de inventividade.  E é também a assinatura astrológica alusiva ao trauma, que nos permitirá individualizar e sair do pensamento condicionado de grupo e da sociedade. 

O segredo é orientar-nos para Leão! Aplicar a rebelião de forma inventiva e criativa na nossa realidade fazendo-a evoluir para melhor, pois ficar no trauma não ajuda muito - pelo contrário, os próximos anos são para reforçar o nosso poder pessoal. Isso implica, por vezes, uma mudança da nossa vibração pessoal e isso pode levar à eliminação de relacionamentos de todos os tipos, porque se a relação connosco próprios se transforma, a relação com o outro vai ser um reflexo.

A 6 de Julho vai haver mudança do eixo nodal para Balança – Carneiro

A reforçar a lição de tomar conta do nosso próprio destino, desta vez mais no foco das relações. Durante este trânsito alguém pode querer sair da relação e a desigualdade ser exposta. 

Queremos aprender a equilibrar o dar e o receber, aprender a dizer não e a ter cuidado com as relações dominantes, em que há o que quer sempre receber e o que quer sempre dar para se sentir necessitado pelo outro. Estamos a aprender a amar-nos incondicionalmente e a seguir o instinto daquilo que é melhor para nós.

A 23 de Julho Vénus fica retrógrado no signo de Leão onde fica de junho a outubro… a fazer-nos refletir sobre essa procura de amor fora de nós. Pode trazer-nos drama e trauma em torno do tema de receber amor. Quando Vénus estiver retrógrado pode trazer amores do passado. Por um lado, há um convite para sermos mais independentes e, por outro, cultivar uma relação connosco próprios, a fim de atrair alguém especial de fora das nossas vidas.

Úrano continuará em Touro onde ficará até 2025 … a libertar-nos dos valores da relação com a natureza e com os nossos recursos. A sociedade está a mudar e Úrano marcará o passo.

Mantra para 2023: "Eu ganho poder pessoal e cultivo o espírito inventivo numa sociedade em feroz processo de mudança."

Fonte: Maxima.pt               Autoras: Andrea Pereira e Ana Pinto

sábado, 10 de dezembro de 2022

FELIZ NATAL

Chegámos ao momento em que todos vamos celebrar o renascimento da energia de Sananda em nós. Este é o momento de nos voltarmos para o MESTRE e partilhar com ELE o AMOR e a LUZ, difundindo a PAZ por todo o Planeta...


FELIZ NATAL PARA TODOS



FELIZ NATAL NA TERRA E NO CÉU...


Vivam-no em PAX... Muita LUZ... Muito AMOR e fiquem bem...


(A Mónada) e MARLIZ

domingo, 27 de novembro de 2022

Um Belo Dia...


"Um belo dia, os discípulos perguntaram ao seu Mestre: «Mestre, quando acabará o mundo?» «É muito simples! – respondeu-lhes o Mestre. Quando eu morrer.» E tinha razão: quando um homem morre, o mundo inteiro desaparece com ele, e, se ele estiver vivo, o mundo também estará vivo.

Há aqui matéria para reflexão!?... Sim, depende de vós, da vossa consciência, que o mundo esteja vivo ou morto, que ele seja espiritual ou material, subtil ou grosseiro, belo ou feio. Direis: «Mas nós já sabemos isso!» Bem, se o sabeis, porque não o conseguis realizar? Conheceis tudo, mas não fazeis nada. Fazei alguma coisa, decidi-vos a mudar os vossos óculos interiores, para que o mundo e os seres se tornem, para vós, verdadeiramente vivos."

Mais um texto maravilhoso de Omraam Mikhaël Aïvanhov que nos mostra, com esta simples história, como teimamos em não querer mudar, como teimamos em não querer alterar a nossa realidade simplesmente porque não aceitamos que esta seja da nossa inteira responsabilidade. Preferimos continuar a assumir que somos vítimas de todas as circunstâncias que nos acontecem na vida.

Em vez de realizarmos aquela pergunta mais generalista, como a que foi feita pelos discípulos daquele Mestre, continuamos a perguntarmo-nos, porque é que estou desempregado novamente? Ou porque é que estou assim tão doente? Ou ainda porque perdi aquele meu ente querido? Porquê só acontece isto a mim?

Assim, da mesma forma como na história, em que te parece óbvia a resposta do mestre, quando ele explica quando acontecerá o fim do mundo, também deves considerar que toda a tua realidade acontece porque tu a criaste, nomeadamente pela forma como a vês e através da tua própria vibração.

Desta forma como é que podes ser vítima das circunstâncias? Provavelmente poderás estar a pensar neste momento, que é muito fácil devolver-te a responsabilidade quando não sabes o que deves mudar.

No texto, o Mestre refere que devemos mudar os nossos “óculos/filtros” interiores, o que significa largares o teu velho sistema de mitos e crenças. Tornares-te uma pessoa aberta para novas experiências e vivências, sem objeções nem críticas e julgamentos.

Simplesmente foca-te no fluir da tua própria energia. Elimina pensamentos e sentimentos negativos. Aprende a Meditar. Aprende a sentir e a vivenciar a tua própria espiritualidade.

Vais ver que gradualmente a tua energia vai mudar. Ao mudar ela muda também as circunstâncias que atrais para a tua vida. E ao mudares a forma como olhas para a vida, mudas a tua realidade e tornas-te necessariamente uma pessoa bem mais feliz, apesar de tudo o que tenhas vivido no passado.

Para já sente-te simplesmente muito Amado(a).

Fica bem...

(A Mónada)

quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Kuan Yin


Deusa da Misericórdia e da Compaixão
Do Amor Eterno e Incondicional 
Parte integrante da Grande Mãe 
De todos os Universos de Amor Maior
Vem com teu Nobre Coração
Curar todos os males que nos invadem
E nos consomem
Pelas formas mais subtis e insidiosas
Deixando-nos adormecidos
Ao sabor da Ilusão

De quem sofre e se esquece
Da Palavra mais valiosa
Que no silêncio do Universo
Se reconhece pela sua batida
Amor...Amor...Amor...
Mas persiste este cinzento
Que teima em envolver todas as Almas
Que se encontram na SENDA
Neste momento tenso
E de mudança

É abrasador este Fogo Interno
Que queima minhas sombras
Meus olhos são aflorados por lágrimas
Que teimam em mostrar através do meu olhar
A dor intensa, que me devasta

Mas elas não são só dor
Representam também a vastidão
De todo o Meu Amor
Por tudo o que existe
Por todos os que me rodeiam

O cinzento vai-se desvanecendo
Na chuva que desliza pelo meu corpo
Em gotas perturbadoras, doces, inquietantes
Perco todos os limites das minhas lágrimas
Que são tantas
Que já não as distingo da chuva

A chuva fria que me endurece o corpo
Mas que o Purifica, permitindo-me irradiar
A energia da chave de todos os desejos
E de todos os segredos

Acolhendo a todos nos meus braços e no meu Coração
Com o AMOR que envolve todo o Mistério da Vida
Ajuda-me Mãe Kuan Yin
A Absorver toda a tua Compaixão
Até que me sinta plena da Tua Energia Amorosa

Permite a abertura do meu Coração ao Mundo
E a todos os Seres
Que a esta Luz se entregam
Para que os possa acolher
Mesmo aqueles que de mim se afastam
Ignorando, toda a Energia Cósmica
Com que são banhadas, suas Almas sedentas

São pequenos gestos, 
Afectos, e Amor Puro de Coração para Coração
Ele Habita em cada uma das minhas Células
Isto, Mãe porque Sou uma parte de Ti
Aqui e agora, e para todo o sempre
Neste Micro Cosmos que me preenche
Este corpo frágil totalmente
A ti te devo Mãe Excelsa Criadora 
Esta Energia Maternal e Compassiva

EU SOU O QUE EU SOU NO CORAÇÃO DE KUAN YIN.

Fiquem na minha Paz

EU SOU A VOZ DO CORAÇÃO

EU SOU 

MARLIZ

domingo, 23 de outubro de 2022

Adversidade e Estagnação. Como as ultrapassar.


Foste tu, somente tu quem criou as limitações e adversidades que estás a vivenciar neste momento. Até parece que estás bloqueado, não só na tua vida material mas sobretudo na outra vida, a espiritual, bem mais importante. Todo o crescimento e evolução parecem estar estagnados e a fraqueza geral é a ordem do dia.

Nota porém que é muito importante que reconheças e encares estas limitações ou até adversidades, para que possas dar entendimento ao que se estás a passar, reconhecer as suas causas em ti, e poderes mudar, aí sim, para melhor.

Mesmo que estas limitações sejam cármicas, lembra-te que só a sabedoria apaga o carma e uma vez adquirido o conhecimento, essas limitações e adversidades desaparecem de imediato e naturalmente seguirás o teu caminho para poderes alcançar novo patamar evolutivo.

As limitações e adversidades da vida não existem fora de ti. És tu mesmo que as criastes e as atraístes para assim poderes aprender a expressar o Amor, também através de mais esta forma de superação. Por isso poderás olhar para elas não com pensamentos pessimistas ou até de cansaço e enfado, mas como novos desafios em que o objetivo a alcançar é descobrires as oportunidades que estas limitações ou adversidades escondem.

Sempre que estás no bom caminho aplica-se a Lei do Menor Esforço e por isso, embora tenhas sempre de te aplicar e esforçar, no final tudo te parecerá bem mais simples do que à partida poderias supor.

Assim, lembra-te que és tu mesmo que terás encontrar a solução e o caminho, no entanto, não te esqueças que nunca estás sozinho e de que necessitas de pedir ajuda e apoio sempre que precisares, para que as Entidades de Luz te possam efetivamente ajudar, pois de outra forma estariam a interferir no teu livre arbítrio.

Mas mesmo assim, nunca serão Elas que terão a aprender algo, mas sim tu e por isso terás sempre tu a ter de passar por essa vivência pois só assim é que se aprende. A vida está sempre a colocar-nos novos testes para que possamos aplicar a nossa sabedoria, o que é o mesmo que dizer o Amor que existe dentro de nós.

Perante seja qualquer for a limitação ou adversidade, por maior e mais dolorosa que ela seja, pede sempre ajuda aos teus Guias de Cura, Mentores e Anjos da Guarda e depois aceita esse desafio e parte em busca da sabedoria e da oportunidade oculta. Não hesites quando a hora chegar, pois pode levar muito tempo até que possas ter outra chance de aprender e assim eliminar esse o teu Carma. Por isso, ainda que seja extremamente difícil de aceitar, agradece que elas se tenham manifestado na tua vida, pois com certeza se elas surgiram agora é porque tens toda a capacidade e poder para as superares.

Vive pois  em AMOR e medita sempre, para que possas fortalecer o teu contato com toda a tua hierarquia, para que, quando pedires ajuda aos teus Guias e Mestres, esta se possa manifestar da melhor forma e possas superar todos os desafios de acordo com o Plano evolutivo e o teu próprio contrato encarnacional.

Acredita, Pede, Confia, Entrega-te e Recebe. Isto é ter Fé! Tudo sempre a partir da plenitude da manifestação do AMOR que já existe em ti.

Fica bem

(A Mónada)