terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A existência é um movimento perpétuo.


"A existência é um movimento perpétuo. Mesmo quando hoje só se tem de prosseguir as actividades da véspera, nenhum dia se apresenta com condições idênticas. Quantas coisas podem mudar de um dia para o outro! No trabalho, na família, na sociedade, é sempre necessário adaptar-se. Se não se está preparado, surgem surpresas! E sabe-se quais são os efeitos produzidos pelas situações de que não se estava à espera: incerteza, agitação, perturbação.

Cada dia traz novos problemas para resolver. Como conseguireis resolvê-los se não tirastes a limpo o que vivestes na véspera?

Só podeis estar seguros em relação ao amanhã se hoje tiverdes sabido consolidar as bases da vossa vida psíquica. A maneira como sentireis os acontecimentos exteriores depende unicamente de vós, da vossa capacidade para organizar o vosso mundo interior.

Esta organização é que se reflectirá na vossa percepção das coisas: quando o amanhã chegar, os acontecimentos encontrar-vos-ão preparados e determinados."

Começamos este ano de 2012 por mais um belíssimo texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov. Nele poderemos ver reflectido um primeiro aspecto da nossa existência que é o facto de a mesma ser perpétua. Já te tinhas dado conta disto?

Repara que algo ser perpétuo significa que algures nasceu e que não morre nunca, no sentido de terminar de existir. Assim é a nossa consciência com base na essência que nos anima. Tu tal como eu somos Seres Perpétuos, não enquanto seres humanos com uma forma física, um ego que nos identifica como ser único planetário, mas como um Ser Espírito criado à imagem e semelhança do Pai/Mãe.

É pois perante esta existência perpétua que Aïvanhov nos confronta com a importância do momento do agora, como sendo único e tão especial, e com a necessidade de retirarmos dele todos os ensinamentos necessários ao caminho da nossa evolução, através do consolidar da nossa vida psíquica.

Por outras palavras há que encarar a nossa vida presente de uma forma cada vez mais coerente com o nosso mundo interior.

Alguém dizia que: “Tudo o que fizeres hoje ecoa por toda a tua eterniada!” tal é a importância do que fazes em cada momento.

Mas muito mais importante do que podes ou não fazeres hoje, está nas tuas formas de pensamento. Não te esqueças que os nossos pensamentos a par dos sonhos, comandam a acção e por isso também poderemos afirmar que tudo o pensas em cada momento ecoa no teu subconsciente e no consciente colectivo por toda a eternidade.

É por tudo isto que o autor acaba o seu texto referindo que a maneira como sentiremos todos os acontecimentos exteriores, dependerá unicamente de nós e da forma como vivenciamos o nosso Mundo Interior, não sendo mais possível imputares culpas ou responsabilidades aos outros por aquilo que sentes em cada momento.

Quanto mais sólido e integro for a tua vivência interior, maior será a tua força para suportares a adversidade do mundo exterior, e é esta a mensagem no início deste ano que te deixo para que possas te adaptar melhor, aos momentos complexos que se avizinham, procurando em cada momento vivenciares de forma única as experiências que atrais com o movimento perpétuo da tua existência.

Vive bem em AMOR e sente-te sempre profundamente AMADO.

Um Excelente ANO de 2012!...

Fica bem

(A Mónada)

3 comentários:

Fernanda Manzoli disse...

Meu nome é Fernanada Manzoli e agradeço a mensagem.
Gostaria de te convidar para vc conhecer o blog que faço ha 2 anos, e espero que aprecie.
São mensagens de Luz!
Ficarei feliz se colocar em seus favoritos.
http://naluzdesaomiguel.blogspot.com/

Bjs de luz e gratidão!

Fernanda Manzoli disse...

Meu nome é Fernanada Manzoli e agradeço a mensagem.
Gostaria de te convidar para vc conhecer o blog que faço ha 2 anos, e espero que aprecie.
São mensagens de Luz!
Ficarei feliz se colocar em seus favoritos.
http://naluzdesaomiguel.blogspot.com/

Bjs de luz e gratidão!

A Mónada disse...

Obg Fernanda...

Vamos com toda a certeza visitar o teu BLOG.

Bjinhos de AMOR e LUZ