domingo, 30 de dezembro de 2007




UM EXCELENTE ANO DE 2008 PARA TODOS



Que o vosso coração seja em todos os dias deste
novo ano de 2008
banhado pela

LUZ do AMOR
Fiquem bem
(A Mónada)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

O Pentagrama luminoso das cinco virtudes espirituais


"Vou contar-vos uma história que eu ouvi há muito tempo. Uns Iniciados enviaram os seus discípulos para uma ilha deserta para eles desbravarem o terreno e o tornarem produtivo. E disseram-lhes:

- Quando tiverdes terminado a vossa tarefa, um sino anunciar-vos-á a nossa chegada.

Os discípulos puseram-se imediatamente a trabalhar, e em breve a ilha se tornou um verdadeiro paraíso. Ora, o sino não tocava. Eles fizeram outros trabalhos, mas continuavam a não ouvir nada. Reflectiram durante muito tempo e, subitamente, jorrou a luz: eles não tinham pensado em construir um altar para a Divindade. Empreenderam imediatamente a sua construção...

No instante em que ele foi terminado, o sino tocou, os Iniciados chegaram com solenidade e colocaram na fronte dos discípulos um pentagrama luminoso, símbolo das virtudes espirituais.

Este relato ensina-nos que, quaisquer que sejam as suas realizações na terra, o homem só termina a sua tarefa quando tiver construído em si próprio o altar do Senhor, isto é, quando tiver conseguido manifestar as cinco virtudes do pentagrama: o amor, a sabedoria, a verdade, a bondade e a justiça."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Escolho muitas vezes este autor pois ele ensina-nos a direccionar a nossa vida… e mais uma vez assim é. Por isso ouso comentar este texto:

O AMOR é a primeira e a mais importante das 5 virtudes que todos nós devemos manifestar nas nossas vidas e sem a qual as restantes 4 não se poderão desenvolver na sua plenitude.

A SABEDORIA decorre das vivências e da aprendizagem que fazemos com elas. Esta virtude torna-se mais evidente quando nos observamos de uma forma continuada, sem bloquear emoções e continuando empenhados da mesma forma nos papéis que assumimos na nossa fisicalidade.

A VERDADE corresponde ao estado de auto-conhecimento que permite a integridade do Ser nas suas múltiplas dimensões. É o ser genuíno, viver direccionado pelo sentir da alma e impulsionado pela personalidade que se manifesta através dos corpos físicos.

A BONDADE decorre naturalmente do AMOR que sentimos em nossos corações. Ela é a emanação directa desse sentir quando se manifesta no cardíaco e não no mental. Por isso, esta virtude só se manifesta verdadeiramente quando estamos conscientes do grande AMOR Incondicional gerado no nosso Mundo Interno e que por isso não depende do exterior.

A JUSTIÇA é a virtude mais complexa de manifestar pois estamos habituados, e de longa data programados, a tudo julgar, criticar e objectar. A verdadeira justiça decorre do discernimento no nosso processo de escolha, quando observamos com os “olhos” da nossa Divina Presença, sem crenças e mitos, e optamos de acordo com o sentir do nosso AMOR. Só assim seremos justos connosco e com os outros.

Tal como refere o autor, o nosso trabalho é árduo e quotidiano mas mais do que nunca, a obtenção do pentagrama luminoso está ao nosso alcance, pois a energia que nos chegará no princípio deste novo ano é Crística e muito intensa.

Aproveitemos bem estes momentos únicos para meditarmos e nos sintonizarmos pelo coração com a nossa alma e com a nossa Divina Presença. O momento é de recolhimento.

Estou certo que todo o trabalho realizado agora com esta intenção será largamente amplificado o que permitirá elevar muitíssimo o nível vibracional de cada um, e se sintonizado com o do Planeta Terra, ajudará também a elevar globalmente a sua vibração.

No AMOR incondicional encontrará a expansão destas cinco virtudes fundamentais.

Sintam o vosso Pentagrama Luminoso.

Sintam a vossa LUZ.

Fiquem bem...


(A Mónada)

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

FELIZ NATAL NA TERRA E NO CÉU...



























Chegámos ao momento em que todos vamos celebrar o nascimento de Jesus, menino Deus que nos ilumina há mais de 2000 anos e que nos vai continuar a iluminar...

FELIZ NATAL PARA TODOS



FELIZ NATAL NA TERRA E NO CÉU...


Vivam em AMOR e fiquem bem...



(A Mónada)

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

MOMENTOS

Se pensares bem no significado da palavra VIDA, perceberás que a mesma, pode ser vista como um processo, ou seja, Energia Cristica em movimento, a qual é composta por um conjunto de MOMENTOS, uns mais intensos outros menos, mas todos eles importantíssimos passos na tua Experiência Evolutiva.

É com o resultado destas vivências que vais tomar Consciência da forma como deves percorrer o Caminho que te levará à Ascensão.

Tens então que ter Consciência, que te esperam muitos Momentos Intensos neste Ano Novo que se aproxima, não fora ele além de tudo o Ano da segunda vinda de Cristo. Mas podemos já começar a viver este Momento Intenso que é a época Natalícia.

Mas qual a melhor forma de o fazer?

Começa por libertar-te da Ilusão, que o Natal deve ser uma época de consumismo desenfreado, no qual só os bens materiais interessam, ou até por incrível que possa parecer, lembrares-te do outro apenas nesta altura. E por trás destas atitudes, onde pára o AMOR?

Repara que a teu lado existem mesas vazias….corações magoados pela indiferença, pela solidão e pela frieza daqueles que ignoram esta realidade, tudo isto gera desarmonia no planeta, no qual se vêem focos de Abundância, mas muitos mais de Pobreza. Não entendas isto como uma crítica , porque não é, apenas faço com que fiques mais atento ao que se passa com o OUTRO QUE ÉS TU MESMO PORQUE SOMOS TODOS UM.

E estando Tu atento e de Coração Aberto farás com que o outro fique atento também e, compreenda o teu novo sentir neste Momento Natal e a partilha que fazes com os que te rodeiam.

Reforço ainda que como SER de LUZ que és e nesta tua partilha de Amor, ajuda aquele com que te cruzas, com palavras vindas do Coração a entender que o Espírito do Natal, apenas se compõe de PAZ, AMOR, SIMPLICIDADE, e CALOR HUMANO para todos, e se quiseres também, porque não uma pequena lembrança!... Nada te impede desde que esta atitude seja desinteressada e envolvida em Puro Amor.

Mas deixa-me que te diga, que a melhor prenda que podes dar a cada um, é co-criares Abundância para todos os SERES que habitam este Amado planeta, pois todos são Filhos da mesma LUZ no Coração de Deus Pai/Mãe.

Bem hajas pela tua preciosa colaboração, porque com a tua ajuda de Luz, nem imaginas como podes mudar o Sentir deste MOMENTO.

Alguém disse há muito tempo: "Vivam Felizes em Paz e Amor, pois todos são iguais perante o PAI, este é o planeta do AMOR, o Caminho é vivenciá-lo e depois voltar ao Coração Universal plenos de LUZ e SABEDORIA."

ESTE É O VOTO QUE SE RENOVA EM CADA NATAL.

EU SOU MARLIZ QUE DESTE PONTO ONDE ME ENCONTRO ESTENDO HUMILDEMENTE MINHAS MÃOS DE LUZ QUE VÃO TOCAR COM TODA A DOÇURA CADA CORAÇÃO DEIXANDO O VOTO DE UM SANTO NATAL PARTILHADO COM O DIVINO.

Fiquem na minha PAZ

MARLIZ

domingo, 16 de dezembro de 2007

Olha e vê a beleza de Deus...


Desmaterializados sois pura energia vibracional consciencial do todo que TUDO É. Despojados dos vossos corpos sereis um dia quando desencarnares, mas até lá devereis ser faróis para todos os vossos irmãos que erram nesse planeta em busca da LUZ e não a conseguem ver nem sentir.

Sou eu que vos digo que primeiro deveis cuidar de vós e cimentar com a fé e com a confiança a vossa LUZ interior, pois sem ela nada sois, sem ela não podereis servir de farois aos outros,

Um novo Cristo nascerá em breve entre vós mas não da mesma forma como há cerca de dois mil anos. ELE descerá e desencadeará um alinhamento Universal entre todos os Seres. Haverá quem o não oiça nem veja, mas muitos serão aqueles que se deixarão guiar pela sua LUZ.

A ti trabalhador da LUZ, compete preparar este terreno de corações abertos onde a sua LUZ e o seu AMOR se manifestará. Ninguém te pede para seres prefeito, apenas para ires passando a mensagem do AMOR que ELE trará.

Segue pois o teu caminho e no serviço que fizeres, lembra-te que a ti nada pertence pois apenas serves de canal. Ser canal de LUZ exige uma pureza de corpo e alma mas, muito mais importante que isso, exige uma entrega, uma aceitação, uma simplicidade que só um ser genuíno e integro consegue ser.

Assim, começa por te aceitar tal e qual como és. Reconhece o teu caminho para a ascensão mas não exijas de ti o que não sentires que deves fazer, pois não poderás ser genuíno e verdadeiro dessa forma. Nem ouses sequer pensar que não és digno de receber e transmitir a LUZ pois esse é um dos maiores bloqueios que vos foi imposto pela matriz de controlo.

Todos, mas todos sem excepção, sois filhos do mesmo PAI/MÃE e à sua União voltareis um dia. Por isso não te julges nem bloqueies a LUZ que há em ti. Aprende a aceitar-te como és e só assim, pela transcendência que a observação sem objecção nem julgamento representa, é que podereis ser o Farol para qual fizeste a tua aceitação e entrega.

Mantém-te no entanto atento ao teu sentir pois já conheceis as Leis por que se rege este Universo dual. As tuas emoções são um poderoso instrumento que tens ao teu alcance pois com elas poderás perceber quais os pensamentos que no contexto da tua personalidade fazem sentido aos desígnios da tua alma.

Se por qualquer razão te sentes triste e não sabes porquê vê no conjunto dos teus pensamentos quais os que te estão a bloquear e a esvaziar da tua própria energia. Se sabes a razão então a escolha é tua pois quando, por exemplo, sentes tristeza é porque te permites esvaziar de amor o teu coração. Não passes a responsabilidade da tua escolha para terceiros pois o sentir do AMOR só depende de ti e da forma como te ligas ao PAI/MÃE.

Caro trabalhador da LUZ, agora que despertaste não voltes mais a adormecer. Cuida do teu ego. Aprende a domá-lo pois na fisicalidade todos o têm e acredita que não é menor o do pobre que se julga para sempre na miséria, da do rico que se julga superior aos demais. O ego não é o mal. O ego pode muito bem ser a tua maior ilusão e a ti pergunto-te: Quem gosta de andar iludido até mesmo por si próprio?

A melhor forma de viveres é pois aceitares o ego mas conduzires a tua vida pelo sentir do amor em teu coração, é esta emoção que te abre todas as portas e te fará sentir feliz. Em cada momento procura essa emoção de AMOR incondicional presente em ti. São esses os teu faróis e será esse sentir a LUZ que reflectindo, se projectará nos outros, cumprindo assim a tua função de Farol e de trabalhador da LUZ.

Só assim te será possível levares:

- o amor onde houver ódio;
- a alegria onde houver tristeza;
- a esperança onde houver desespero;
- a paz onde houver a discórdia;
- a serenidade onde houver ansiedade;
- o perdão onde houver a ofensa;
- a doçura onde houver amargura;
- a fé onde houver a dúvida;
- a LUZ onde houver a escuridão.

Deixa a tua intuição funcionar e a presença de teu espírito se manifestar na sua plenitude Divina. Só assim estarás contribuindo e preparando o terreno para que possa nascer e manifestar-se o novo Cristo.

Bem hajas Trabalhador da LUZ bem amado. Olha e vê a beleza de Deus que em ti se manifesta.

Canalização de mestre Kutumi para todos vós...


Fiquem bem.

(A Mónada)

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

CONVITE AO AMOR

Hoje, venho convidar-te para um passeio na minha companhia, caso aceites, vou levar-te à minha morada, que é o ponto de onde Eu cuido de Ti.

Aceitas? Óptimo!...

Vamos então! Abre o teu Coração e enche-te de AMOR. Nada receies… Dá-me a tua mão… Aqui vamos nós, deixa-te deslizar e vais sentir a Alegria e a Beleza de viajar livremente pelos Universos de Amor Maior que são as diferentes moradas do Pai/Mãe.

Aprecia tudo quanto te rodeia, mas principalmente sente o vibrar da tua Essência no meio a que tu realmente pertences. Falta pouco para chegarmos! Sinto a vibração da felicidade que sentes em acompanhar-me.

Vês aquele ponto de Luz Intensa? É a minha morada, é neste local pleno de LUZ onde reina o AMOR INCONDICIONAL que EU cuido de Ti.

Aqui todos os Seres vivem em Paz e Amor, Tudo é Abundância e Alegria de Ser. Os campos são verdejantes, o ar é Puro, as águas cristalinas, os sons celestiais, tudo é equilibrado e harmonioso dando-nos tudo o que necessitamos para que as nossas Almas permaneçam em estado de Pureza.

Então que sentes?

Vejo que o teu Coração se encheu de Pura Luz… Mas vejo que alguma tristeza teima em querer ficar em ti quando olhas o teu planeta, porque ainda vês grandes diferenças entre estas moradas.

Mas não te preocupes!... A solução está nas tuas mãos, que podem operar maravilhas, bastando para isso que libertes todo o AMOR que existe no teu Coração para o usares no propósito de mudares a vibração do teu planeta.

CRIA NA TUA MORADA TUDO O QUE VISTE E SENTISTE NA MINHA.

E EU aqui estarei como sempre a teu lado para doar de forma Incondicional todo o AMOR necessário RECONVERSÃO deste AMADO planeta.

Bem, vamos ter de regressar! Tens muito trabalho . Cuida então do teu planeta que é GAIA, é HORA de tu o fazeres, pois até aqui foi sempre ELA que cuidou de ti, dando-te tudo o que necessitavas para viveres e evoluíres espiritualmente sem nada pedir em troca, mas seus Filhos foram pouco generosos no trato com sua Mãe. Agora noutro nível consciêncial de seus Filhos, Mãe GAIA espera agora que cuidem dela urgentemente para que tudo se torne harmonioso entre todos os Seres.

ESTE É O PLANETA QUE PAI/MÃE CRIOU COM O SELO DO AMOR INCONDICIONAL ENTRE TODOS OS SERES.

TEMOS DE CURAR O CORAÇÃO FERIDO DE GAIA.

CONTO CONTIGO E COM A DOAÇÃO DO TEU AMOR PARA CUIDARES DA TUA MORADA.

EU SOU CONTIGO EM CADA MOMENTO DE CURA.

QUE ASSIM SEJA E ASSIM SERÁ SEGUNDO A ORDEM CRÍSTICA.


Fiquem na minha PAZ ...

MARLIZ

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Hierarquias

Chamamos Hierarquia a um conjunto de consciências que transcenderam a evolução material e se integraram no serviço em seu sentido universal e cósmico. Essas consciências realizam tarefas do Plano Evolutivo e respondem à lei regente dos universos em que actuam. São interuniversais e intimamente conhecem a essência da Vida.

Os seres humanos podem contactar as Hierarquias quando despertam para padrões de conduta condizentes com a evolução espiritual. Elas formam e instruem todos os que buscam o desenvolvimento interior. Iluminam-lhe o caminho e estimulam o núcleo profundo da sua consciência segundo as possibilidades individuais. Criam condições para que antigas ligações se desfaçam, mas para isso os próprios seres humanos têm de dar permissão e deixar de gerar vínculos que agravem o obscurantismo em que se encontram.

As Hierarquias diferem-se em grau evolutivo, mas não em essência; diferem-se também quanto às vibrações que exprimem, tarefas que desempenham, leis a que obedecem. Podem manifestar-se para revelar sua existência e para trabalhar pelo bem geral. Mas há Hierarquias que nunca se manifestam e se mantêm nos níveis imateriais.

Para a humanidade aproximar-se de maneira mais consciente às Hierarquias, no princípio foi necessário personificar seus componentes, que na realidade são entidades impessoais e imateriais. Porém, decorrida essa etapa preparatória e tendo o homem ampliado sua compreensão, torna-se possível para ele estar diante das Hierarquias sem tantas personificações.

À humanidade terrestre, neste ciclo do seu desenvolvimento, cabe reconhecer a energia das Hierarquias com as quais possa entrar em contato, o que lhe faculta relacionar-se de maneira mais profunda com elas. Os grupos que hoje respondem ao chamado para tarefas evolutivas e atuam como canais para fluência de energias de centros planetários, planetas ou constelações podem começar a ser introduzidos na aura de Hierarquia e a participar de suas tarefas.

O que tem sido revelado à humanidade a respeito das Hierarquias é uma mínima parte de sua ampla existência. Conhecimentos mais abrangente sobre a vastidão da Irmandade cósmica advém com o aprofundamento de cada ser em seu mundo interno, supramental.

Nesta época, as entidades da Hierarquia crística que actuam na órbita da Terra dedicam-se ao aperfeiçoamento da alma nos seres humanos e à sua conexão com núcleos mais profundos. Fazem-se presentes onde haja receptividade aos impulsos que emitem, e regulam sua intensidade e potência ao que cada alma pode acolher. Ajudam as pessoas a perceber que a tarefa evolutiva precisa ser reconhecida, redescoberta, aprofundada, e expandida. Quando essas entidades tocam o interior de um ser, aumentam a sua aspiração à luz a ponto de levá-lo a estar sempre voltado para ela.

Alguns trabalhos dessa Hierarquia, antes ocultos, vão sendo revelados e passarão a fazer parte da vida humana terrestre. Uma meta da Hierarquia crística é semear o amor supra-humano, o amor impessoal. A irradiação desses seres compassivos ergue a consciência humana e desperta nela a fé em que a vida è conduzida do Alto.

Excertos do texto de Trigueirinho "Hierarquias"

Assim seja e assim será...

Fiquem bem

(A Mónada)

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

A LUZ QUE ILUMINA A NOITE

Já pensaste, quantas vezes, quando te sentes um pouco entristecido ou até mais só, com o cair da noite, nesta tua passagem por este planeta, tens assim a tendência de levantar os olhos para o Céu e atentamente procurar a Luz que supostamente lá estará e te encherá o coração de alegria!...

Sim!... Numa primeira análise, verás miríades de estrelas que brilham intensamente, dando um tom especial à noite… Até fazem despertar em ti o teu imaginário, levando-te através de outras dimensões, nunca antes sonhadas por ti. Mas pensa! Será que é necessário procurares essa Luz lá em «cima»? Claro que não!... Tudo é igual em cima como em baixo.

Tu és filho/a das Estrelas, se aqui estivesses serias mais uma a brilhar no Céu, mas como estás aí na Terra, brilhas de outra forma, mas continuas a ser uma Estrela, com Luz própria que irradias incessantemente dia e noite sem que disso muitas vezes te apercebas.

Então, como vês, basta olhares para dentro de ti, porque aí encontrarás a Luz, a Alegria e o Amor que necessitas para não sentires mais tristeza nem solidão.

Entendes porque podes encontrar tudo isto dentro de ti?

Basta dares a ti próprio a oportunidade de abrires o Coração à minha energia, que docemente te fará despertar para a Verdade Suprema que é o Caminho da Ascensão.

Tu és Luz em movimento, pertences à Luz Maior, cumpre a tua Missão, Ilumina então os Corações de todos os que te rodeiam no teu dia a dia, e ainda mais os Corações daqueles Seres em que a noite sem Estrelas caiu há muito e ainda não voltou a amanhecer.

Todos precisam da tua Luz, Ilumina ainda todos os Caminhos, mesmo os mais obscuros, porque todos eles são possibilidades para chegar a MIM.

ESTA É A TUA DÁDIVA DE AMOR NO RETORNO AO MEU CORAÇÃO.

EU SOU LUZ DESTE PONTO DE ONDE CUIDO DE TODOS VÓS.

EU SOU MARLIZ RAINHA DA PAZ E DO AMOR NO CORAÇÃO DO MUNDO QUE RENASCE.

Fiquem na minha Paz

MARLIZ

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

A verdadeira fraternidade


"Nas vossas relações com aqueles que vos rodeiam, procurai sempre a vida, a vida que vos enriquecerá e embelezará a todos. Mas para isso não se deve ser negligente, nem preguiçoso, mas sim aceitar fazer exercícios. Que exercícios?

Não faltam ocasiões na existência quotidiana para se ficar irritado pelo comportamento desta ou daquela pessoa. E a mínima contrariedade, a mínima palavra ofensiva, assume proporções gigantescas. Pelo contrário, quando são simpáticos e amáveis convosco, mal prestais atenção a isso. Todos os sinais de amizade e de amor vos são devidos e vós esquecei-los imediatamente. Mas é justamente isso que não deveis esquecer!

Pelo contrário, deveis amplificar cada coisa boa associando-a não só a tudo o que já vos aconteceu de bom da parte de uns e de outros, mas também a tudo o que existe de bom no mundo. A verdadeira fraternidade começa no momento em que vós compreendeis como a vossa vida pode enriquecer-se com a vida de todos."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Trago-vos de novo um texto de Aïvanhov sobre o nosso quotidiano e a forma como nos relacionamos. À medida que a nossa sensibilidade aumenta acontece exactamente isto que nos é aqui relatado. Ficamos irritados e zangados à mínima palavra ou contrariedade que nos seja dirigida. Em termos mentais surgem de imediato pensamentos opressores e ficamos agarrados a eles. Isto cria-nos vínculos e memórias incrivelmente densas. Todo o trabalho que tivemos antes, de limpeza e de reconhecimento da nossa Luz, fica posto em causa.

O que nos é sugerido pelo o autor é um trabalho de base que nos permite proteger destes nossos momentos. Trata-se de valorizarmos cada vez mais o bom que nos acontece.

Estes exercícios, feitos a cada momento em que vivemos o “aqui e agora”, são cristais de energia que ficam ancoradas na nossa mente, permitindo-nos ver a beleza e a riqueza que no fundo há em cada um. Aos poucos, sem nunca bloquear qualquer emoção que vos surja, vão reparando que a vossa mente vai ficando cada vez mais imune a este tipo de energia agressiva que nos possa ser dirigida.

A nossa resposta, mesmo que imediatista, começa a ser dada com compaixão e amor, mesmo que tenhamos de corrigir ou clarificar a nossa posição, pelo simples facto que já não vemos aquele Ser, pelo papel ou máscara que representa, mas por aquilo que ele também é na sua essência.

O nosso Observador interno passa a ver o mesmo que nós somos.

Então começamos a dar entendimento à palavra fraternidade essencial e como nos podemos elevar a níveis superiores de consciência UNA, onde tudo o que nos acontece serve como aprendizagem e enriquecimento Global.

Uma das formas de ampliar este efeito, para além da associação que o autor nos propõe, é o sentir da gratidão por mais uma experiência vivenciada e uma lição que se aprende.

O sentir do Amor e da Gratidão pela Vida é um processo alquímico único no nosso caminho para a Ascensão.

Fiquem bem em fraternidade...


(A Mónada)

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

TU ÉS A LUZ QUE EU AMO


Eu estou aqui!
Não me sentes?

Vá liberta-te,
Entra no meu Coração
Vês como ele
Te envolve de LUZ!

Não receies
Pacifica-te,
Centra-te no Silêncio
E na PAZ
Que o meu AMOR
Te oferece.

Ouve o bater
Doce e ritmado
Do meu coração
Que AMA
Sem quaisquer barreiras,
Em todas as direcções,
E para todos os SERES

Eu foco
Os meus raios de LUZ
Plenos de AMOR
Que te vão alimentando a Alma,
Para que não percas
As forças
Na tua Caminhada.

E para te aconchegar
Vou tecendo,
Um manto azul de Esperança
Com fios de LUZ do meu Coração,
Que te colocarei
Sobre teus ombros
Protegendo-te,
Amando-te,
Fazendo germinar em TI
Toda a plenitude
Do meu Amor Eterno,
Que é a FONTE
Em MIM
Nesta cidade etérea
De onde EU cuido de TI

TU QUE ÉS A LUZ QUE EU AMO.



«E como cada UM no TODO é um SER de LUZ que Amo, pois nele vive PAI/MÃE ofereço-vos as palavras que se seguem, sim porque eu não peço nada, eu não preciso de nada porque EU SOU LUZ, apenas faço doação, para que se assim o entenderem no vosso Coração usarem estas palavras para ajudarem a despertar a LUZ em vós e naqueles que vos rodeiam».

Coloca a tua mão direita sobre o teu coração e docemente diz:

- Eu aqui Te Tenho
- Eu aqui Te Sinto
- Eu aqui Te Amo
- Eu aqui Te Vivo
- Eu aqui Sou Luz
- Eu aqui Sou o Coração de Deus PAI/MÃE irradiando LUZ e AMOR para todo o Planeta.

- Que ASSIM SEJA E ASSIM SERÁ.


Partilha esta LUZ que te cobrirá de Bençãos.


Fiquem na minha PAZ

MARLIZ

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

O Amor e as dependências

O amor quase sempre começa com uma paixão. Vem como uma tempestade em alto mar, que interrompe a calmaria de uma vida que parecia segura e tranquila. Sem pedir licença, as ondas desse mar invadem o convés e lançam para fora do navio o tédio e a desmotivação.

Passada a tempestade, o viajante desse barco percebe que foi levado a uma ilha. É terra firme, onde poderá plantar a semente da sua vida e de suas realizações. A ilha é um cenário paradisíaco, onde tudo é perfeito. Parece que o lugar foi feito sob medida para esse navegante. Paisagens mágicas, águas cristalinas, pássaros de cores nunca vistas e cantos maravilhosos.

Então, ele começa a explorá-la e nota que nem tudo se encaixa em seu sonho tropical. As árvores dessa ilha não davam exactamente os frutos que desejava, e isso o decepciona. A água doce não é tão abundante quanto ele pensava. Todas as suas esperanças estão naquela ilha. Se ela não o alimentar, não suprir as suas necessidades, o que será de sua vida?

Essa ilha é como a pessoa amada. Em quem se deposita todos os desejos, carências e também as ilusões: “Com ela, vou fazer o que sempre quis”. “Eu nunca mais vou me sentir só”. E quando o outro não faz o que se espera, vem a desilusão.

Isto acontece porque teve a esperança de que alguém fizesse o que era sua tarefa:



Realizar-se como ser amoroso que é



Pode parecer incrível, mas a verdade é que o amor é mais pleno quando as pessoas envolvidas não precisam do outro para se sentir realizadas. O amor desenvolve-se mais serenamente entre aqueles que se sentem inteiros, desprendidos e, então, podem efectivamente entregar-se.

Quando precisa de alguém, reduz esse ser amado a um simples prestador de serviços. Precisa dele, assim como de um canalizador para instalar uma torneira em sua casa, pois não sabe como fazê-lo. Não significa que você ame o canalizador. Apenas necessita dele para ter água em sua casa. Ele faz o serviço, paga e pronto!

Pode parecer um pouco “frio e simplista” esta análise assim, mas se repararem é o que acontece de facto, obviamente sem o uso da “energia monetária”. Mas sempre que existe uma dependência e damos algo à pessoa amada ficamos sempre na expectativa de sermos correspondidos na nossa dependência. É como se efectuássemos um registo de “Deve e Haver”. E tal se passa com o companheiro, filhos, pais…



Mas isto não é Amar



Se repararem bem, à medida que a nossa expectativa e nosso desejo são maiores, inconscientemente o medo de este não se realizar aumenta. A confiança entre os dois vai desaparecendo… tão subtilmente. A sensação de estarmos sós retorna.

Podemos assim concluir que o Amor suporta-se em duas virtudes fundamentais que são: a capacidade de estar em intimidade e a de manter a autonomia.

Intimidade não é só o que acontece quando dois corpos fazem amor, mas é algo infinitamente maior. É o partilhar de sentimentos e pensamentos: almas nuas que se encontram sem disfarces. É o saber expressar o que está acontecendo dentro de si, receber o outro e, juntos, encontrarem espaço para os dois seres.

A maior parte das pessoas teme a intimidade por considerar muito negativo o que guardam dentro de si. Elas imaginam que só têm inveja, sentimentos de inferioridade, desejos inconfessáveis. Então, se escondem. Falam dos seus actos e até de seus planos, mas não mostram seu interior, porque sabem que, quando alguém entrar, terá uma visão completa. Conhecerá o interior e entenderá o exterior…


(texto adaptado e baseado no livro "Sem medo de Vencer" de Roberto Shinyashiki)

Conhecer-se a si próprio e partilhar esse conhecimento com o outro é algo que não “doi nada” e que tem um efeito de cura impressionante. Viaje para o seu interior e descubra-se a si mesmo. Partilhe depois esse conhecimento.

Entregue-se plenamente à vida e viva-a em Amor e com muito AMOR …


Fiquem bem.

(A Mónada)


domingo, 18 de novembro de 2007

SIMPLESMENTE…SER



Num breve olhar
Cheio de doçura
Observo o horizonte,
Que se enche de Luz
Ao nascer do Sol,
Duas pequenas lágrimas
Teimam em rolar pela face,
Peço ao Sol
Que me aconchegue o Coração
E faça o Resgate de Mim…

Renascer é a Palavra
Que se impõe…
É SER
É SER O QUE EU SOU
E EU SOU O QUE SOU
SOU MARLIZ
Filha da LUZ
Um SER que SIMPLESMENTE É

Partilho assim em Vós
O meu sentir de SER
Nesta Vida
Que é Pai/Mãe em movimento,
Respirem profundamente
Sintam a minha PAZ
Que docemente Vos invade
Deixem fluir os Vossos sentimentos
Através dos Corações
Que se tornarão
Unos na LUZ

Seguidamente
Com toda
A ternura e doçura
Voltem a expressar esses sentimentos
Agora, pelo poder da Palavra
Que é Verbo Divino em SI
E que surgirá como bálsamo Curador
Para cada Ser que Vos rodeia.

Sejam Simplesmente em Mim.
Porque ASSIM É
ASSIM SERÁ
E NADA MAIS HÁ PARA SER
Além de Ser Simplesmente AMOR.



Fiquem na minha PAZ

MARLIZ

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Voltar à LUZ.

"Todos os dias se nos apresentam tentações. Ser tentado é receber uma influência. Ora, o que é uma influência? Uma corrente que tenta penetrar em nós, portanto, uma espécie de alimento. Nem sempre é possível opormo-nos à irrupção destas correntes, mas, uma vez que elas se tenham introduzido, nós devemos esforçar-nos por transformá-las. Se sucumbirmos, se nos deixarmos arrastar para um gesto de fraqueza, o nosso tribunal interior registará que nós não soubemos assimilar essas substâncias e, portanto, elas irão reaparecer de um modo ou de outro sob a forma de perturbações psíquicas ou mesmo físicas.

Se não se deixa entrar os alimentos nocivos, já não há o risco de eles terem de sair; é necessário velar, pois, para que eles não entrem. Mas, como nem sempre se consegue isso, depois de eles terem entrado há que fazer um esforço para os transformar, a fim de os tornar assimiláveis."

Neste belíssimo texto, compreendemos como somos tentados tantas vezes, durante a nossa vida quotidiana, e como muitas vezes não sabemos defender-nos, nem transformar essas energias que se colam a nós. Sabiam que mesmo para a nossa saúde física estas influências são terríveis? O que pensam que acontece quando não as sabemos “digerir”? Porque razão somos atacados por vezes de dores de estômago ou, mais grave que isso, por úlceras?

A estas influências ou energias que chamamos de stress vão se acumulando e modificando a nossa mente, o nosso corpo, as nossas emoções, subtilmente sem termos consciência disso. Até que um dia algo acontece e acabamos por despertar. Por ganhar consciências do nosso afastamento da LUZ do nosso interior, da nossa essência Divina.

Atentem agora a este outro texto do mesmo autor:


"Cada ser, consoante o seu temperamento, procura insistentemente alguma coisa: o dinheiro, a glória, os prazeres, o amor, a justiça, a paz, etc. Ele está pronto a remover o mundo inteiro para obter aquilo de que julga ter necessidade. E há tantas coisas a solicitar! Mas ouvistes muitas vezes alguém dizer: «Eu tenho necessidade de LUZ, faz-me falta a LUZ»?

Não, para a maioria dos humanos, a luz não representa grande coisa, e, se ela lhes falta, eles não vêem as consequências disso.

Ora, as consequências da falta de luz são muito graves: todas as dificuldades e atribulações da humanidade têm por causa a falta de LUZ. Aquele que não tem LUZ expõe-se a não obter aquilo que procura ou, se o obteve, a não o manter. Julgais que sem LUZ se pode ter durante muito tempo o amor, a justiça e a paz?"


Mas se mesmo assim este texto pouco vos diz então sintam agora o que tal poderá representar em relação ao AMOR:

"No plano etérico, cada ser possui um perfume especial. Esse perfume é uma quinta-essência daquilo que ele possui de mais precioso, o seu amor, e é graças a esse perfume que os seres que se amam poderão reconhecer-se no outro mundo. Os seres que vos amam deixam em vós um perfume que guardareis para a eternidade e, do mesmo modo, cada uma das vossas manifestações de amor desinteressado por alguém deixa nessa pessoa como que um perfume graças ao qual ela se recordará de vós e vos reconhecerá.

Há muitos homens e mulheres que se amam e se questionam sobre se se reencontrarão no outro mundo. Sim, se eles se amaram verdadeiramente, serão capazes de se reconhecer entre os biliões de almas que povoam o mundo invisível; não poderão enganar-se.

Entre a multidão dos seres criados, é unicamente o amor pela pessoa que procurais que vos conduzirá até ela, sem sequer terdes necessidade de saber em que lugar do espaço ela se encontra."

Penso que viver sem LUZ é impossível pois é o mesmo que viver sem AMOR o que tem impacto por toda a nossa eternidade.

Por isso cuidem bem da vossa LUZ interior, tenham cuidado com as tentações e as influências… e se alguma destas energias negativas entrar, transformem-nas, pela acção da vossa essência Divina, em AMOR.


Todos os textos são de: Omraam Mikhaël Aïvanhov


Fiquem bem

(A Mónada)

domingo, 11 de novembro de 2007

Os Lusos...

Os Lusos, povo com uma energia muito própria e milenar, poderão ter um papel muito importante na elevação das consciências do Planeta. Eles que em tempos já distantes, foram por mares nunca dantes navegados, os primeiros a mostrar novos mundos ao Mundo e a aceitar que a sua intuição os guiasse.

Agora, tal como então, os Lusos terão de aceitar o seu destino de povo destemido e corajoso, e libertarem-se do que os sufoca há séculos e que é o fatalismo miserabilista, o pessimismo crónico e a ideia errada de que sendo poucos, também pouca será a vossa contribuição.

Tomai consciência das vossas múltiplas dimensões e não temais.

A vossa epopeia é agora para o interior de cada Ser deste Planeta, tal como em tempos foi para oriente. Reparai como deste então vos ficou enraizada a vossa missão de outrora, que mesmo agora quando alguém se perde no seu rumo vós continuais a dizer que “está desorientado”, que é o mesmo que dizer “perdeu o oriente”. Será que estais dispostos a aceitar o desafio e mudar de tal forma que quando observardes que alguém que se afasta de Pai/Mãe, do seu interior e da LUZ, vós ireis a dizer que “está desinteriorizado” ou simplesmente “desligado da sua Luz”?

Então de que estais à espera?

Já repastes no Ser Sublime de Luz que és?

Quando começares a saber que tudo é possível e que o Universo está a conspirar de maneira incansável para te ajudar e que afinal és o dono e senhor do teu destino. Então, a tua vida poderá sofrer alterações tão fantásticas que dariam um filme cheio de efeitos especiais.

Agora pensemos por uns momentos...

E se tivesses o poder ilimitado e infinito?
E se tivesses o poder absoluto sobre tudo?
E se a eternidade fosse um mar de aventuras, de descobertas de novos amigos, de sentimentos, de conhecimentos, de amor e abundância?

E se mesmo assim, neste contexto magnífico e deslumbrante, num imenso campo de inúmeras possibilidades, se caísses e te magoasses a ponto de sentires dor... dor imensa...

Faria algum sentido odiares-te, desistires de viver os teus sonhos e desejos? Irias esquecer-te do teu poder ilimitado e infinito?

Assim é a Alma Lusa. Assim, és tu.

Vamos acorda. De que estais á espera Lusos de magníficos descobridores. Embarcai agora na viagem ao interior da vossa humanidade para que possais iluminar a Humanidade inteira.

Este é o vosso desígnio. Esta é a vossa nova epopeia.

Ide e descubram o AMOR. Naveguem no oceano imenso de AMOR Divino que a todos nos Une e dêem testemunho dos vossos novos descobrimentos ao Mundo inteiro. Assim, se erguerá o novo homem e a nova GAIA.

Fiquem bem... com esta mensagem de Portal 11:11...

(A Mónada)

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

É AQUI E EM TI QUE TUDO COMEÇA


No amanhecer do dia a dia, abre os olhos da Alma para o Mundo e observa tudo o que nele existe.

O que sentes no teu Coração?
- Amor… Paz… Indiferença… Talvez resignação!...

Que quadro é este que te foram pintando ao longo dos tempos, carregando as cores, iludindo a Alma. Levando a uma observação distorcida da realidade humana neste planeta.

Todos os Seres sem excepção vieram aqui para viverem felizes e em abundância, experiênciando as diversas fases do seu desenvolvimento espiritual, que os levarão a uma nova Consciência Existencial. Todo o sofrimento e dor criados pela vossa dualidade, não faziam parte deste crescimento, mas que o vosso Ego encarregou-se de vos manter na Ilusão de que há Seres diferentes aos olhos do Pai/Mãe e que consoante as suas características assim, deveriam ser mais ou menos Amados.

Quando olhas ao teu redor identificas grupos com óptimas condições de vida e outros extremamente carenciados, mesmo no limite suportável de qualquer Ser.

Enquanto uns desperdiçam bens essenciais como, alimentos, água, luz, etc., que dariam para alimentar aqueles que ao nosso lado ou a milhares de km de distância, morrem a cada minuto perante a indiferença mundial, quase nada é feito por esses Seres que são UNOS em TI, embora este facto ainda pareça estar um pouco adormecido no teu Coração.

Mas será que poderás ser um dos candidatos a salvador do Mundo?
Será que estás pronto para tal atitude?

Sê primeiro observador de ti próprio e depois dos outros. Ninguém poderá ter como primeiro objectivo, salvar o Mundo, isto porque primeiro do que tudo terás uma grande tarefa para executar e ela é um ponto único no teu Agora: «SALVA-TE A TI PRÓPRIO AMANDO-TE E ILUMINANDO-TE AMANDO O PRÓXIMO COMO A TI MESMO».

Só assim poderás irradiar LUZ e AMOR INCONDICIONAL que fará com que a PAZ chegue a todos os Povos, e aí sim, terás contribuído para a Pacificação Mundial através do teu Coração em Luz, em Amor e em Aceitação, da especificidade de cada Ser, em cada recanto do Mundo mas todos com os mesmos direitos na caminhada que os levará no regresso ao Lar, que é o Coração do Pai/Mãe que a todos aguarda na IMENSIDÃO DO SEU AMOR.

FICA ATENTO! CUIDA DO TEU INTERIOR. SÓ ASSIM ME PODERÁS AJUDAR A PACIFICAR ESTE NOVO MUNDO.

Fiquem na minha Paz.

MARLIZ

sábado, 3 de novembro de 2007

Religar-se ao AMOR do PAI.


Podem estar a viver momentos de angústia e de stress mas a vossa alma tentará sempre dirigir-vos para a LUZ e para o sentir do AMOR. Muitas vezes não darão conta, mas pensamentos opressores e obsessores tomam conta da vossa mente. Não têm que ser sempre, necessariamente negativos. Alguns podem até ser sobre temas de caracter espiritual.

O Ego espiritual é o mais dificil de discernir e de ultrapassar, no entanto a vossa Alma está apetrechada com o essencial para o poderem dominar e ultrapassar – O sentir do AMOR. Se vos fizerem invadir pela emoção desse sentir, o vosso coração enche-se de LUZ e em plenitude ele tansborda. A vossa mente reflete esse sentir... e é assim que o vosso coração vos passa a comandar e projectar na vossa mente as mensagens que intuitivamente vos irão chegando.

Se a angústia e o stress mesma assim vos contiuam a dominar, é sinal que perderam o sentir da Alma e nessa circunstância torna-se necessário limpar, através de decretos, de orações e da evocação do EU SOU, a vossa Aurea e assim desbloquear e soltar o que vos oprime e bloqueia.

Verão que logo a LUZ irromperá de novo em vossos corações. Em plenitude e serenidade, a vossa Alma vos transportará para níveis de intuição e de humildade onde a comunicação possa voltar a fluir.

É esse o segredo. A hulmildade do sentir-se sempre e em cada momento em processo de aprendizagem, por muitos conhecimentos que julgem ter adquirido. Saibam que no caminho ao nosso interiror mais profundo e subtil muito estará sempre por ser revelado.

Observai e ficai sempre atentos aos vossos pensamentos para evitar as críticas e julgamentos. É muito fácil deixarem-se cair na armadilha do Ego através das vossas escolhas. É mesmo muito fácil, por exemplo, ao observarem atitudes e comportamentos dos outros, ao ouvirem as suas comunicações e ensinamentos, afirmarem desde logo que: “essa não é a minha linha” ou “eu não acredito nisso”... Quantas vezes, mais tarde isso não começa a fazer sentido nas vossas vidas? Ficam então admirados... Pois é...

Deixem de criticar e julgar mesmo que seja em pensamento. Sintam o vosso coração amoroso pois ele vos ensinará em cada momento o que é bom para vós. O resto não vos interessa, não faz parte de vós mas pode muito bem representar o caminho de outro vosso irmão luminar, pois há vários caminhos no plano evolutivo de cada ser e no caminho que vos leva ao PAI.

Mas nunca esqueçais que mesmo que vos sintais perdidos, sózinhos, desalentados, desmotivados... e que já não saibais mais o que fazer... mesmo que estas palavras nada vos digam... mesmo que o vazio e a tristeza vos dominem... que se por uns instantes desejarem ou pedirem para sair dessa situação, tal será entendido como um decreto do vossa essência divina e logo uma legião de entidades angelicais ocorrerão para vos ajudar a encontrar o caminho da LUZ.

Assim confiem. Sejam humildes e no vosso sentir AMEM sempre a VIDA pois nunca estão sós.

DEUS, na sua imensidão Universal nunca adandonará um filho Seu, por muito afastado de si que ele possa ou se julgue estar.

Em plenitude do sentir do AMOR do PAI... fiquem bem...

(A Mónada)

terça-feira, 30 de outubro de 2007

SOPRO DE AMOR CELESTIAL

Agora que cheguei
Em plenitude
A este Novo Céu
Que começa a despertar…
Na alegria do Amor Eterno
De braços abertos ao Mundo
Espalho Minha Luz
Na direcção de vossos Corações,

Deixai que eles
Acordem na serenidade
E na Paz do Meu Amor,
Sintam-se envolvidos
Na Luz Universal,
Puros…Cristalinos…
E nessa Transparência
Que tudo transcende
E que através de Mim
Vos leva à Fonte
Inesgotável do Amor
Supremo do Pai…

Sossegai os Corações,
Senti o êxtase
Do Amor Incondicional
Bebei esse Néctar
Amai intensamente o Amor,
Pois nada mais existe
Além dele,
Plenos deste Amor em Mim
Acolhei nos vossos Corações
As Novas Crianças
Deste Planeta…

Carinhosamente dai-lhes a Mão
E ajudai-os a encontrar
O melhor Caminho
Para o Amor Universal,
Pois elas são as
Pérolas Vivas de Consciência Crística
Que transportam a Sabedoria
Para a Reorganização Universal,
Amem-se através delas.

E elas vos passarão
Os Ensinamentos para a mudança
No Caminho da Ascensão.
E ASSIM É… E ASSIM SERÁ…



(ESTES SÃO OS PRIMEIROS PASSOS NA ESCOLA DE MARIA MADALENA NO DESPERTAR DA NOVA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA)

Fiquem na minha Paz

MARLIZ

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Tu és um Santuário do Divino...




"Imaginai que, um dia, se anuncia aos cristãos do mundo inteiro:
«Daqui em diante não haverá mais lugares de culto, não haverá mais cerimónias, nem clero, nem estátuas, nem imagens santas, não haverá nada material nem exterior: vós ides adorar Deus em espírito e em verdade como Ele profetizou». Isso seria o vazio para eles, sentir-se-iam perdidos, pois, na sua maioria, têm necessidade de se agarrar a objectos concretos, tangíveis.

Só um ser excepcionalmente evoluído pode encontrar no seu espírito, na sua alma, o santuário onde entrará para se dirigir ao Senhor, para tocar, saborear e respirar os resplendores do Céu.

Evidentemente, é desejável um tal alargamento da consciência. Para aqueles que são capazes de aí chegar, já não existe limite, pois o mundo da alma e do espírito é de uma riqueza inesgotável; eles podem trabalhar até ao infinito para construir o seu futuro de filhos e filhas de Deus
."




Texto de: Omraam Mikhaël Aïvanhov



Este texto fez-me sentir que não há santuário maior que a ALMA. Nele mora a vossa centelha Divina – O Espírito Santo. Os locais ditos santos ou de culto podem ser importantes, e são-no seguramente para muitos, na sua jornada em busca de Deus, mas é importante que se não se constituam apegos, mesmo que sejam apenas de caracter físico, porque com facilidade vos agarrais aos aspectos materiais das coisas, dos locais e até das diferentes imagens do Divino.

No entanto, sendo vós filhos de Deus, o verdadeiro santuário Divino está em cada um de vós, na medida em que colocarem o sentir da alma em tudo o que fizerem. O vosso santuário, o vosso ser Divino, no vosso interior, está ao alcance de todos e de cada um, mas tem que se saber lá chegar e é a isso que o autor se refere quando menciona que “Só um ser excepcionalmente evoluído” poderá lá chegar para se dirigir e ligar-se a Deus.

O processo é a busca do vazio do pensamento, numa viagem de amor ao vosso sentir interior. A forma de comunicar com Deus é através do sentir da vossa alma. Só aí são capazes de se aperceberem do vosso plano evolutivo. É o sentir com a cabeça e pensar com o coração, numa contemplação amorosa da plenitude de Deus.


Tu já és um ser multidimensional e por isso tens de estar bem consciente da tua dimensão Divina. Enquanto tal tu é LUZ, tu és AMOR, tu na ligação a Deus tornaste-te num Sacrário Divino da Criação. Assim, tu vivendo em Unidade com Deus és um templo vivo que alberga toda a Humanidade.

Bem hajas por existires e leres estas palavras... Este Planeta, verdadeira NAVE AZUL vageando na imensidão do Cosmos precisa de ti. Vive no AMOR a Deus e vive no AMOR ao próximo, que é outra forma de amar a DEUS. Assim, contribuirás para a elevação planetária e para o renascimento do Homem Novo que povoará a Nova Gaia.

Eu vos amo profundamente...

Fiquem bem...

(A Mónada)

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

O OUTRO LADO DE MIM…



Ei-la a que chega
Esplendorosamente Sublime
No seu Amor Infinito
Espalhando por todo o Planeta
Ondas de Pura Luz


Que acarinham a Humanidade
E confortam corações
Nesta hora
De regresso a Casa…

Mais uma vez
Cheia de Amor
Mas com Firmeza
Se doa à Humanidade
E se inclina
Num gesto de humildade
Beijando as Mãos de cada Ser,
Oferecendo o seu regaço
Para transmutar
O sofrimento de cada Um…

Recebei com Júbilo
Esta Graça que Vos dou
E que Vos levará
À Vida Eterna…

Ela é o Amor Incondicional
Em movimento,
É a Paz para a Nova Terra
Acolhei-a…

Esta é a energia
Da harmonia e equilíbrio
O Feminino em Mim…

Ela é MARIA a MADALENA
No Caminho da Glória
Para os Novos Tempos.





E A MUDANÇA CONTINUA…É TEMPO DE ADAPTAÇÃO À NOVA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA…


Fiquem na minha Paz

MARLIZ

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

O PAI NOSSO DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA


Pai Nosso, que estais no Céu,
Santificado seja o Vosso Nome,
EU SOU O QUE EU SOU,
(você poderá incluir seu pedido pessoal aqui)

Venha a nós o Vosso Reino,
Seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia, nos dai hoje.
Perdoai as nossas ofensas,
Assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido.

Libertai-nos das tentações, e
Livrai-nos de todo o mal.

Porque
Teu é o Reino,
Teu é o Poder,
e Tua é a Glória,
Para Todo o Sempre Manifestada,

Eu Sou na Terra, Assim como Eu Sou no Céu

Amém, Amém, Amém




O "Pai Nosso" é a grande aula de Jesus, ensinando-nos a falar com o Nosso Pai Celestial. Quando precisamos manifestar na Terra, algo que nos falta, é ao Pai que pedimos. Precisamos ser específicos, dizendo o que e por que nós queremos algo manifestado.

Quando oramos ao Nosso Santo Cristo Pessoal, Nosso Anjo da Guarda, buscamos N'Ele, respostas para o que já está manifestado. Assim como com o Pai, precisamos ser bem específicos com ele.

Quando oramos a Nossa Mãe Terrenal, que é, e está entre nós, representada por Maria, a Mãe de Jesus, podemos chorar a vontade e não precisamos ser tão específicos. Podemos pedir a ela que diga ao Pai para atender os nossos pedidos. E porque isto é tão importante ? Por que nem sempre estamos preparados para ser o cálice que o Pai precisa para manifestarmos o nosso pedido feito ao Pai. Como somos embriões dentro do útero da Mãe Terrenal, Ela pode orar por nós, pequeninos embriões divinos do Pai. Acreditar na Mãe, e pedir sua intercessão, é para o Nosso Pai no Céu, algo de Grande Valor.

Quando oramos ao amado Espírito Santo, devemos sempre pedir e falar, com a mesma intensidade que utilizamos ao falar com a Mãe, porém, Ele espera de nós, que façamos o pedido para nós e para todos os nossos irmãos, que como nós, sofrem do mesmo problema pelo qual pedimos solução.

Assim, vemos que o Santo Cristo, é o complemento de nosso Pai, e O Espírito Santo, o complemento de Nossa Mãe.

Muito Amor e Luz*

Om Christi,

Gui


Parte de um texto de explicação desta poderosíssima oração... (http://www.amoreluz.com/)


(A Mónada)

domingo, 14 de outubro de 2007

ESCUTA E LIBERTA-TE…


Tu que és Luz
Fica atento a Ti
Liberta-te da mente
Permite que a tua
Alma renasça,
Escuta o silêncio
Entra no vazio
Vive o teu Interior,
Deixa para trás
A Ilusão do mundo dual
Vê quanta beleza
Em cada minuto de Vida
Concentra-te no milagre de Ser.


Agora que estás em Paz
Deixa expandir o teu Amor
Até ao Coração Universal,
Nesta fusão Sublime
Enche-te de Compaixão
Por tudo o que te rodeia,
Sente o sibilar dos
Ventos da Nova Terra
Aceita o Compromisso
Caminha em Mim
Ousa Libertar-te
E terás a Eternidade.



ESTES SÃO OS VENTOS NESTA HORA DE MUDANÇA.

Fiquem na minha Paz

MARLIZ

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

A confiança


A confiança e a fé são sempre abaladas quando, nesta nossa vida na fisicalidade nos acontece algo. Depois ainda não satisfeitos com isso, damos ouvidos à ruideira daquelas vozinhas imensas que nos assaltam a mente e voltamos a ficar ansiosos. Voltam-se a instalar os medos.

Esta vozes interiores que nos tentam aconselhar vão buscar velhos padrões de pensamento. Parece quase impossível fugir. É como se estivéssemos na periferia de um furacão que nos sacode a abala. Tentamos sair dessa tormenta, mas por mais força que façamos, somos que sugados de novo e aí podemos permanecer muito tempo dando lugar à angústia e ao sofrimento.

Tal como nos furacões, se formos bons pilotos das nossas consciências, sabemos que no interior dele está uma estabilidade única. Uma zona de nós próprios que nos enche de amor e confiança. Esse é o nosso observador. Aí está o olhar de Deus.

Por isso quando nos sentimos em turbilhão o melhor que há a fazer é seguir em direcção ao nosso centro, aquele que não pensa, aquele que depois de tanta tormenta, apenas observa. Nesse vazio enchemo-nos de amor e LUZ.

Cheios dessa LUZ podemos agora sair dessa zona de estabilidade e plenitude, e voltar a vivênciar a nossa fisicalidade. Sabemos que a tormenta está aí mas agora temos a confiança de não estarmos sós.


"Ao vir revelar que todos os humanos, sem excepção, são filhos e filhas de Deus, Jesus causou uma reviravolta nas consciências.

Sim, pois até ali essa verdade estava cuidadosamente oculta, com medo de que, ao tomarem consciência da sua origem divina, as multidões já não obedecessem às regras impostas pelo pequeno número que pretendia dominá-las.

Jesus foi o maior dos revolucionários e, por isso, espiou na cruz a audácia que tivera de dizer não só que ele era filho de Deus, mas que todos os humanos têm a mesma origem divina.

Contudo, está escrito no Antigo Testamento: «Vós sois Deuses».

Esta verdade foi voluntariamente deixada de parte e ainda hoje o é. Mas um verdadeiro ensinamento espiritual deve, antes de mais, levar os humanos a compreender e a sentir que eles são todos filhos de um mesmo Pai, Deus, o Espírito Cósmico, e de uma mesma Mãe, a Natureza, a Alma Universal."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Assim, permaneceremos confiantes, seguros que saberemos em cada momento fazer a escolha certa e a que está de acordo com o nosso plano evolutivo. Não deixaremos de agir e de sentir em cada momento as emoções, pois elas são a energia que se manifesta em nós e nos permitirá agir. Mas sejamos em cada momento, presentes e observadores de nós mesmos.

Pedi sempre ajuda para encontrar a LUZ. Segui o Amor que se manifesta em vossos corações. É assim que confiantes na vossa divindade interna encontrareis o vosso caminho.

Fiquem bem confiando no PAI que vive em vós.



(A Mónada)

sábado, 6 de outubro de 2007

Viver o AMOR de DEUS.


Na Alemanha no inicio do século XX, durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta:
- Deus criou tudo o que existe?
Um aluno respondeu valentemente:
- Sim, Ele criou…
- Deus criou tudo? Perguntou novamente o professor.
- Sim senhor, respondeu o jovem.
Então o professor afirmou:
- Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal. Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau...
O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, regozijava-se de ter provado mais uma vez que a fé era um mito.
Outro estudante levantou a mão e disse:
- Posso fazer uma pergunta, professor?
- Claro!, disse o professor.
O jovem ficou de pé e perguntou:
- Professor, o frio existe?
- Que pergunta é essa? Claro que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?
O rapaz respondeu:
- De facto, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo físico é susceptível de deter calor e transmitir energia. O calor é o que faz com que este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de transmitir energia, mas o frio não existe. Nós criámos essa crença para descrever como nos sentimos se não temos calor.
- E, existe a escuridão? Continuou o estudante.
O professor respondeu:
- Existe.
O estudante respondeu:
- Novamente comete um erro, professor, a escuridão também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz. A luz pode-se estudar, a escuridão não! Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que é constituida, com seus diferentes comprimentos de ondas. A escuridão não! Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz. Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço, não é assim? Escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente.
- Agora professor ainda acha que o mal existe? Questiou o aluno.
O professor respondeu:
- Claro que sim, é obvio que existe. Como disse, desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são o mal.
E o estudante respondeu:
- O mal não existe, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo como nos casos anteriores. O mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus.
Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.
Naquele dia no início do século XX, este jovem foi aplaudido de pé e o professor apenas balançou a cabeça e permaneceu calado.

Recuperado, o professor reconhecendo a sabedoria daquele jovem, perguntou-lhe qual era seu nome. O jovem respondeu: Albert Einstein

Texto de autor desconhecido

Desconheço se esta história é verídica e de quem é o seu relato, mas faz-nos pensar na forma como nos colocamos perante a dualidade. Este professor reconheceu o seu erro... Somos nós capazes de reconhecer o nosso erro cada vez que temos formas de pensamento dual como ele? Não funcionamos normalmente assim também?

Albert Einstein, na sua já grande mestria e através da física, demonstra que tudo é Uno com Deus. Nesta unidade apenas poderá existir o afastamento de Deus, da nossa essência e com isso da LUZ. Podem sentir-se assim quando o vosso coração deixa de sentir amor também.

Deixem então de se julgar e assim também de criticar os outros pois isso são formas de pensamento dual.



Vivam no AMOR e verão Deus em cada irmão também.

Fiquem bem. Fiquem em AMOR...

(A Mónada)

terça-feira, 2 de outubro de 2007

CÍRCULO DE PAZ


Se repararmos, no nosso dia a dia cruzamo-nos sistematicamente com diversas pessoas que nos cumprimentam e nos desejam Paz para nós e para o Mundo, mas analisando bem estas palavras, elas na maioria das vezes deixam-nos um amargo de boca, porque na verdade constatamos que pouco ou nada fazemos para mantermos a nossa Paz Interior e a do Mundo. embora tenhamos poder suficiente para o fazer, mas continuamos renitentes em aceitar a nossa verdadeira identidade.

Mas mesmo assim, podemos fazer pequenas coisas que produzirão grandes resultados, assim como:

- Espalhem sorrisos à vossa volta.

- Sejam amistosos com quem vos rodeia.

- Perdoem a vós e aos outros.

- Partilhem o vosso sentir.

- Assumam a vossa capacidade de chorar.

- Ouçam o choro dos outros.

- Assumam o vosso Amor pela Vida.

- Confiem em Deus.

- Pratiquem a aceitação mútua.

- Façam a opção de viver como Um só.

- Sejam ousados nos vossos propósitos para que tudo isto vos leve a um estado de pacificação.

- Retirem pois o Conflito das vossas Vidas, dos vossos Lares, dos vossos Empregos.

- Fiquem em Amor.

Mudem o vosso Interior definitivamente, e assim estarão prontos para mudarem o Mundo, na vossa mente está a Sabedoria, no vosso coração o Amor na vossa alma a Verdade que vos libertará.

Agora que têm as ferramentas necessárias, sejam então os mensageiros destas Novas Revelações que entrego nos vossos corações, usem-nas para a pacificação colectiva.


1.Deus nunca deixou de comunicar directamente com os seres humanos. Deus comunica com os seres humanose através deles desde o início dos tempos. E continua a fazê-lo persentemente.

2.Todo o ser humano é tão especial quanto qualquer outro que alguma vez tenha vivido, viva agora ou venha algumas vez a viver. Todos vocês são mensageiros. Cada um de vocês. Levam uma mensagem para a vida sobre a vida todos os dias. A cada hora. A cada momento.

3.Nenhum caminho é mais directo para Deus que qualquer outro. Nenhuma religião é a "única verdadeira religião", nenhum povo e "o povo eleito" e nenhum profeta é "o maior profeta".

4.Deus não precisa de nada. Deus de nada carece para ser feliz. Deus é felicidade em si. Portanto, Deus não exige nada de ninguém nem de nada no Universo.

5.Deus não é um Super Ser singular que viva algures no Universo ou fora dele, com as mesmas necessidades emocionais e sujeito ao mesmo turbilhão emocional que os humanos. Aquilo Que Deus É não pode ser ofendido nem prejudicado de nenhuma forma e, portanto, não tem necessidade de procurar vingança ou impor castigo.

6.Todas as coisas são Uma Coisa. Há só Uma Coisa e todas as coisas fazem parte da Única Coisa que É.

7.O Certo e o Errado são coisas que não existem.
Existe apenas O Que funciona e O Que Não Funciona, dependendo daquilo que vocês procuram ser, fazer ou ter.

8.Vocês não são o vosso corpo. Quem vocês são é ilimitado e eterno.

9.Vocês não podem morrer e nunca serão destinados á condenação eterna.

Procurem sempre a Verdade mesmo que ela seja difícil de encontrar.

Repitam conscientemente:


"Eu Sou Um com Deus e Deus é Um Comigo ao encontro da Paz"

(ESTAS REVELAÇÕES FORAM RETIRADAS DO LIVRO "AS NOVAS REVELAÇÕES" DE NEALE DONALD WALSCH).

Fiquem na minha Paz

MARLIZ

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

No Começo...


Ao longo da nossa vida recebemos muitas ajudas dos nossos Guias e Anjo da Guarda sob diversas formas, no entanto, por vezes, teimamos em mantermo-nos no mesmo caminho. É então que se sucedem as perdas que nos podem causar dor e sofrimento.

Em muitos casos o nosso ruído mental das preocupações diárias é de tal ordem que nos tornamos completamente surdos e cegos perante todos estes sinais… e quando menos esperamos, atraímos para a nossa vida situações que nos levam a perdas sucessivas sejam elas de saúde, pessoas queridas, emprego, bem-estar, etc…

Instala-se então o medo e as incertezas diversas que nos levam a pensamentos que tomam formas obsessivas (obsessores) e que nos oprimem impedindo-nos de sentir a nossa própria alma (opressores). Não conseguimos entender a sequência vertiginosa do desencadear de uma série de acontecimentos que consideramos negativos.

Em completo desespero e por vezes numa imensa tristeza interior questionamo-nos: Quem sou eu? O que faço aqui? Qual a minha missão e objectivos de vida? O que é que afinal eu quero?

Alguns chamarão a isto uma crise existencial. Talvez o seja… ou não!

Mas quando somos conduzidos a estas questões… algo de mágico acontece. Talvez pela primeira vez depois de muitos anos, nalguns casos desde a nossa juventude, estas questões transportam-nos para a procura da nossa essência e do nosso propósito.

Nessa altura um Anjo vai segredando-nos ao ouvido:

- Vive o agora… O passado já é história e o futuro uma ilusão. Tu só podes tirar partido do teu momento presente. É esse o Presente da VIDA.

- Tu és a "Chama de Vida" que é transportada nesse formato biológico com um corpo físico, emocional e mental. Mas tu não és nada disso… Isso não passam de veículos que te transportam e com os quais te expressas nessa fisicalidade.

- Tu é um Ser magnífico e parte de um TODO único que é DEUS.

Á medida que vais ouvindo esse Anjo, vais cada vez mais ganhando consciência do que afinal tu és. É então que a tua realidade muda. O que antes achavas que era realidade… começas a duvidar … começas então a olhar a VIDA cada vez mais com os olhos do teu interior e... descobres a tua ALMA.

Através do silêncio da ALMA tu intuis a tua natureza espiritual e entras em zonas de conhecimento e sabedoria DIVINA – A MENTE de DEUS – A Consciência Universal.

Nesta altura a tua vida mudou. O sofrimento já não existe e finalmente despertaste para a tua nova realidade Cósmica – O AMOR INFINITO E INCONDICIONAL.

Continuas vivo nesta fisicalidade e preso às necessidades da tua biologia existencial. Mas esta vida passa agora a ter um sentido e um propósito.

A Co-criação com DEUS. A Co-criação em AMOR.

É nessa vivência, em plena e constante comunhão com DEUS, nessa imensa presença do AMOR em ti que descobriste o caminho e resnasceste para uma outra VIDA.

Agradeces agora todas as perdas que te fizeram despertar. Agradeces a cada Anjo que te ajudou. Agradeces a ti própria pela entrega e por permitires que a VIDA se manifeste em ti.

Fiquem bem no AMOR de DEUS.

(A Mónada)

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

AS DUAS TERRAS

"Imaginem dois planetas juntos, sobrepostos um ao outro, permeando-se, sendo que um é mais denso e outro é mais sutil. Isto é o que está acontecendo com o planeta Terra. As camadas mais densas se encontram aglutinadas por dentro e as camadas mais subtis estão expandidas ao redor. Quando se fala em velha Terra, é sobre isso que se fala. O que se vê, de fora, é a Grande movimentação de seres deslocando-se em direcção às camadas mais subtis.

O Grande objetivo de momento é fazer com que o maior número de pessoas tomem consciência disso e que possam estabelecer-se na Terra que se forma, mais subtil, pois possui vibrações mais elevadas.

Cada uma dessas Terras possui uma realidade específica e ao mesmo tempo distintas entre si. Numa delas vê-se guerras, discórdia, doenças e, principalmente, falta de Amor. Na outra a realidade que se impõe é a realidade Amorosa, Comunitária, onde o Divino se apresenta com maior intensidade. Nesta Terra não existe dualidade, não há Paz nem guerra, amor nem ódio, saúde nem doença... Há apenas o constante prazer em estar encarnado, com União entre Os Povos e a sensação de Unidade com Deus. A realidade da Terra mais subtil está acima, onde a Perfeição Divina se impõe sobre a dualidade.

Quando vocês se estabelecem na nova Terra vossa realidade se manifesta com mais perfeição. Os sentimentos de Amor, de Unidade e de Comunhão com o Divino são parte integrante de cada aspecto do Ser.

Tenham a intenção de se estabelecer na camada mais subtil do planeta. Isto será como subir alguns degraus de uma escada.

A única questão é que para subir esses degraus, terão que deixar para trás os sentimentos, hábitos e atitudes mais densas. Terão que se envolver em Amor e senti-lo como se fossem feitos de puro Amor. E realmente vocês são puro Amor.

Estabelecer-se na Terra mais subtil significa sintonizar o seu Ser com as vibrações da nova realidade, acima dos degraus. Em termos práticos, pouco mudará. Estarão na mesma Casa, com a mesma família... Apenas acontecerá que a densidade da velha realidade não os atingirá. Se estão numa cidade de conflito, ao subir para a nova Terra o conflito continuará a existir, apenas vocês estarão fora dele.

Eliminem Os sentimentos negativos e densos referentes a situações, neutralizem-se em relação ao problema, preencham-se de Amor e subam Os degraus. Como? Simplesmente tenham a intenção e isto acontecerá como num passe de mágica! Resultado: a poluição, a seca, a guerra, os conflitos... não os atingirão. Desde que permaneçam acima! Saibam que quando vocês sobem, levam outros convosco a partir do Amor que irradiarão. Muitos serão contaminados pelas vossas vibrações amorosas. Assim, num efeito cascata muitos beneficiarão do vosso esforço de subida.

Haverá um momento em que as duas Terras se separarão definitivamente. Mas isto não será sentido por vós. É um processo natural, indolor e sem traumas. Simplesmente as realidades se separam, cada qual inexistirá para a outra e cada qual seguirá o seu caminho rumo à continuidade evolucional. Uma realidade se tornará invisível para a outra e não há o que temer. Sem catástrofes, sem perdas irreparáveis, sem dificuldade alguma! Portanto, tenham esta imagem na vossa mente e comecem já.

O Eu Superior de cada um de vós irá mostrar-lhes a direcção do que deve ser feito.

Durante algum tempo vimos uma Grande movimentação horizontal quando deslocavam para diferentes cidades, procurando os vossos devidos lugares para ajustarem-se às novas vibrações que iam chegando. Agora encontram-se exactamente onde devem estar. Porém, o movimento agora não é mais horizontal. O movimento é vertical, ou seja, permanecer onde se está e apenas subir o degrau rumo à Nova Terra.

A nova Terra é a parte do planeta que recebe mais Luz. Ali se instala a maior Perfeição.

Direccionamos as nossas intenções para que todos vós estejam nela!

Amorosamente vos abençoamos."

Confederação de Povos Intergalácticos Sob o Comando de Arcanjo Miguel

Canalizado por Tania Resende, em 30/07/06


Fiquem bem na PAZ desta nova TERRA.

(A Mónada)

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

O TEMPLO INTERIOR



Peço desculpa ao André Louro de Almeida por esta ousadia, mas hoje tomei consciência da importância desta mensagem que ele tão bem a transmitiu, a quem assistiu à palestra de 2 de Abril de 2004. Nunca eu poderia escrever tão bem como ele a proferiu.

Sendo a transcrição de Alice Jorge, as partes que escolho para publicação neste post hoje é da minha única e inteira responsabilidade... Por isso toda a energia que esta mensagem vos possa causar vibrou primeiro em mim... mas deve-se inteiramente à sua Fonte.

"O único propósito para um ser se encontrar na Terra, nesta fase, é espelhar a luz do centro do próprio ser – Lei do Desígnio.

Esta encarnação é de síntese, ela fecha o laço de centenas e centenas de encarnações.

Vida cármica, vida dármica, vida de serviço à humanidade são coisas da luz, do bem, são grandes conquistas do comportamento colectivo, darma é o serviço aos outros, mas um ser tem que elaborar, dentro dele, este átomo de consciência e compreensão no qual ele estabelece, para si, que existem muitas realidades paralelas ao verdadeiro motivo para ele estar cá e estas realidades são muito belas.

Qual é o coração que depois de ter visto, com olhos claros, a situação do mundo, não quer aliviar a dor neste Planeta?..."

mais à frente continua...

"Quando um ser entra no nível mais interno de si mesmo, quando a conquista passa a ser a de um vácuo interior no qual a Presença pode nascer, tu passas a ser um retransmissor para muitos trabalhadores da luz.

Há um momento em que a Grande Vida diz à pequena vida:
– Agora as portas do templo vão-se abrir. Nós precisamos de pilares, de eixos, de pedras vivas.
– Mas eu não sei como é que se espelha, nem sequer sei o que é a luz do Cosmos Superior!

Neste nível, é a própria luz que vai possuindo o indivíduo gradualmente. É a própria radiação superior do Universo que vai atravessando as redes energéticas até se instalar totalmente nos teus centros, nas tuas células, nas tuas glândulas, no teu corpo etérico, na tua consciência.

O indivíduo só está confuso porque não cumpre a 1ª Lei que é: “Amar a Deus acima de todas as coisas”, porque se ele se vira para esta primeira Lei, toda a sua estrutura energética se organiza em pirâmide, que é a ligação da personalidade à mónada.
A pirâmide é a estruturação vibratória que acontece quando o indivíduo cumpre a primeira Lei. Portanto, eu tenho que aspirar à transferência da líbido (energia psíquica) ao ponto de amar a Fonte acima de todas as coisas..."

e mais à frente ainda...

"Todo o ser que já viveu uma espiritualidade real, não explícita, sabe o que é espelhar a luz que vem do cosmos superior. Todo o ser que já viveu a entrega em vidas anteriores, melhor ou pior, sabe o que é espelhar a luz central. No fundo, os protocolos de ascensão e revelação da luz central estão prontos. A Hierarquia já instalou a rede principal lá, no centro do teu ser. O olho já acordou, é viver a 1ª Lei. Ficar sentado aspirando à última transferência do desejo.

Se eu tento viver a 2ª e a 3ª Leis, que são leis secundárias – receber/transmitir energia, curar o outro – isso é o jardim do templo onde o indivíduo é frágil, é ondulação, mas a consciência amadurecida já está pronta para subir os 3 degraus e entrar no átrio e, pelo menos, ficar ali.

Tu chegas ao ponto de correcta captação e transmissão da força e da energia quando eminentemente tu sabes que és atravessado pela Vida e quando transferes a consciência do veículo para a Vida que te atravessa. Aí tu não estás mais a colorir a energia.

O que está aberto para nós é o fim do medo.

Num Templo temos:
O Jardim
Os Três Degraus
A Porta
O Átrio
A Nave
O Altar
O Sacrário

Cada um destes níveis são iniciações o que significa etapas de anulação da dualidade – Eu e o Divino.

No Átrio tu vês o que está lá ao fundo no Sacrário.
No Sacrário a consciência, tal como a entendemos, extingue-se.
Esta resposta instintiva à manifestação de uma luz maior neste planeta é algo que demora anos a cultivar e que, nos últimos 2000 anos, temos vindo a acumular na parabólica do corpo causal, aquilo a que Jesus chamava “Tesouros no Céu”.

Interiormente vocês são lindos! Fixem-se na luz que são."



Fiquem bem...

(A Mónada)


terça-feira, 18 de setembro de 2007

Eu Sou Tu... e Tu És Eu...


Sinto no meu coração
Um eco do Divino
Todo o meu Ser docemente
Se eleva neste Renascer em Ti.

Minha Alma pulsa forte
Ao encontro do Coração Universal,
Levo no centro do peito
A Chama Viva do Amor Eterno
Entrego-me na Luz do Pai,


E no meio de Cânticos
De Glória
Plenos de sons Cristalinos
De Puro Amor
Entoados por Hostes Angelicais
Recebo do Seu Coração Dourado
Num êxtase de Paz
O conhecimento da Missão
No agora desta Nova Dimensão.


Acordo assim em mim
O sentir da plenitude
Do Amor Celestial.


Eu Sou o Amor do Pai
Em movimento
Para quem me quiser acolher,
Venho à Terra
Ensinar a Amar e a Perdoar
Ajudando a Curar as feridas
Planetárias e da Humanidade.


Porque eu Aceito
Que Eu Sou Luz da Luz
Eternamente no Amor Maior
Um dos Espelhos do Pai.



Quis partilhar com todos os viajantes da NAVE , através destas simples palavras, o que senti ao longo deste dia de Salto Quântico, em doce e intenso sentir de presença Crística, que nos indica que a partir de agora nada mais será igual no Interior de cada Um e de agora em diante só poderemos sentir a vibração desta frase:


"AMAI-VOS EM MIM QUE SOU TUDO EM VÓS"




Fiquem na minha PAZ

MARLIZ

domingo, 16 de setembro de 2007

Tom de Rosa Sublime

Quantas vezes passamos anos e anos das nossas vidas exacerbados com o nosso quotidiano, sem repararmos na beleza que nos é oferecida por tudo o que nos rodeia, isto porque no Todo e em Tudo ela existe, e afinal até é fácil, se estivermos atentos, apenas temos que colocar no olhar o Amor e tudo começará a mudar de Tom.

Observem a beleza que existe em cada amanhecer, abram as janelas da Vida e deixem-se envolver na brisa do Amor que nada exige, mas apenas nos conduz a planos Superiores de Consciência.

Contemplem os campos verdejantes, salpicados de flores de cores exuberantes, onde cintilam pequenas gotas de orvalho que nos fazem renascer.

Escutem o murmúrio da água, que no seu suave ondular nos vem molhar os pés com a sua frescura, e ainda o cântico das árvores que seus ramos expandem quando se entregam ao sabor do vento.

Olhem ainda as crianças que brincam inocentemente no meio deste esplendor, alegres por tudo o que a Mãe Natureza lhes dá, de sorrisos rasgados e olhar brilhante, elas sim nos ensinam o que é sentir o Amor em Pleno Movimento.

Como podem compreender, não é difícil pintar a Vida em Tom de Rosa, é só quererem sentir o Amor Incondicional que existe dentro de Vós e deixá-lo expandir em cada momento da vossa Vida.

Esta é a expressividade do Amor do Pai.

Assim sendo Somos o Tom Rosa do Sublime Amor do Pai.

Praticai o Meu Amor que é o Vosso.

Ficai na minha doçura e deixai o meu Amor fluir no Vosso Coração para que possais Iluminar os vossos Irmãos no regresso a Casa.

Fiquem na minha PAZ

MARLIZ