sexta-feira, 12 de abril de 2013

Momentos de crise para te recriares




São tempos conturbados os que vivemos neste ano por todo o Planeta, pois ao contrário do que alguns possam pensar, a crise não se espalha somente pela Europa, ela atinge, em maior ou menor grau ou de outras formas, todos os países e todos os povos.

Por de trás da palavra crise está outra com a mesma sonoridade, que é um tempo verbal, e que caracteriza o que na prática devemos ser e fazer, que é: crie-se.

Com a entrada da energia 5D que ilumina todo o planeta, todos os paradigmas da individualidade do Ser irão ser derrubados. Assim, as sociedades que mais se identificarem com o ser egoico, baseado nas rotinas do consumismo e das modas, como forma de destaque ou de evidenciação da individualidade, do ego e da personalidade, forçosamente entrarão em crise caótica e viverão momentos de grande confusão, onde o principal sintoma emocional é a solidão... e depois a depressão.

A energia 5D é uma energia cristal, muito mais pura, e oferece a cada um dos Seres que habitam este Planeta, uma vontade intrínseca de mudança movida pelos padrões da energia Divina que emana da sua alma, e que é assim activada pelos códigos ocultos que são emanados desde o centro da galáxia, onde a grande maioria das consciências que actualmente habitam o Planeta, foram geradas há muitos milhares  de anos atrás.

O Planeta Terra enquanto tal, tem vindo a permitir-nos a todos uma evolução espiritual e civilizacional, de acordo com as Eras de obscuridade que o Planeta tem vindo a viver, por se encontrar na periferia da Galáxia e por estar na zona deste Universo destinada à vivência da dualidade e da individualidade.

Porém estes tempos estão a terminar. Toda a Consciência Divina disponibilizada em obras de criação neste Planeta está a sofrer o apelo à UNIDADE, cuja condição primeira é a do AMOR INCONDICONAL.

É esta a verdadeira essência da energia 5D cristal, que neste momento ilumina a Terra, e que actua em cada um, de acordo com os níveis de gradiente de LUZ que cada um tem e vibra. Se por ventura ainda te sentes apegado à materialidade do Mundo das formas em que vives. É aí que se geram as crises. É aí que se desencadeia em ti uma força interior que te permite colocar em causa antigos valores, crenças sociais e religiosas, com as quais não tens mais  como te identificar e vais perdendo assim a identidade da personagem e da personalidade que és, na cultura e sociedade em que estás inserido. Daí essa sensação que o Mundo está todo de “pernas para o ar” e de te sentires isolado e só.

Se já sentes isto fica ciente que tens um trabalho muito importante para realizar em ti e para o qual te recomendo o seguinte caminho:

1 - Primeiro identifica dentro da tua psique o que te faz sentir assim. Liberta-te das memórias emocionais passadas identificadas pelos velhos paradigmas que te ensinaram e aculturaram como por exemplo: o que é o sucesso? o que fazer para ser bem sucedido na sociedade e no país onde habito e me identifico?

2 - Desapega-te de velhos hábitos e rotinas. Tenta todos os dias viver situações diferentes. Se por exemplo segues todos os dias pela mesmo caminho quando regressas a casa, por ser mais fácil ou por ser o mais curto, procura novos caminhos e vais ver o gozo que isso te dará, pois a essência da vida é o próprio mistério, o novo.

3 - Desapega-te da posse do toda a materialidade. Por exemplo o auto-conceito da posse de pessoas como forma de amor, é uma das maiores ilusões que podes viver, pois ela oprime-te, ela vai acabar por te proporcionar a dor e o sofrimento. Amar um filho não é possuí-lo e no entanto todos dizem com muito sentimento: “o meu... o meu... filho”. Ele é de facto um filho teu, mas não com esse sentimento de posse. Agora olha e vê à tua volta como te identificas com tudo e todos a quem começas por dizer: “o meu” ou “a minha”. Nota bem que não precisas de te separar de nada, apenas de te sentires que nada disso é teu nem representa aquilo que tu és. Tu és uma energia Divina encarnada e não és o teu filho, o teu marido, a tua casa ou o teu trabalho. Simplesmente és uma energia co-criadora encarnada, vivendo no Mundo material para poderes evoluir no plano espiritual.

4 - Sente a verdadeira energia que te inspira a tranquilidade e a serenidade. Para além dela vais depois encontrar a grandeza da alegria e da felicidade de Seres e vais descobrir que nunca estás só e que és UNO com toda a vida cósmica que se manifesta na Terra. Não penses que isto é alienares da tua vida material. Que nem te passe isso pela cabeça, pois vais perceber que é isso que verdadeiramente te dará a razão por ainda estares encarnado.

Achas que consegues trilhar este caminho?

Começa... vá lá... hoje pela noitinha e antes de adormecer, pede ajuda para poderes desde já começares a dar os teus primeiros passos nesta NOVA ERA do AMOR INCONDICIONAL. Vais ver que o milagre da transformação vai começar a acontecer em ti.

Atrasares-te neste teu novo caminho é vivenciares todas as crises do mundo com dor e sofrimento.

Por isso cria-te ou recria-te... é esse o verdadeiro apelo da crise.

Sente-te profundamente amado e acompanhado nestas mudanças, que necessariamente começam a operar-se em ti.

Fica bem

(A Mónada)

2 comentários:

Luz13 disse...

Gostei do Blog, penso que vocês fazem um trabalho como Aline da Cidade das Pirâmides.Vejam esse programa: http://www.youtube.com/watch?v=TIz7I6ANotY&feature=relmfu
“Despertar sua consciência o torna pensante, lúcido, um DEUS em ação”. Abraços.

A Mónada disse...

Olá LUZ 13

Gostei de ver o vídeo de Aline da Cidade das Pirâmides. No entanto penso que o nosso trabalho não difere no objectivo maior a que ambos nos propomos mas mais na metodologia para o alcançar.

Vem sempre viajar connosco. Gostámos muito em ter-te aqui connosco.

Fica bem