terça-feira, 23 de dezembro de 2008

NATAL!!!... QUE NATAL?


Chegou o tempo de Natal e o stress dos dias de trabalho acumula-se agora com as compras de NATAL...

Está mais que provado que Jesus não nasceu a 25 de Dezembro e por isso, esta data não é mais do que muitas outras, convencionadas pelas sociedades e aceites apenas por alguns países. A imagem do Pai Natal, tal como o vemos hoje em diversas imagens e figuras espalhadas pelo mundo inteiro, não passa de uma imagem originalmente criada para a campanha de marketing da Coca Cola num NATAL do início do século passado.

Então porque perdermos tempo a festejar um aniversário fictício de alguém, que só por si transcende qualquer data ou comemoração que possa existir? Porque é que utilizamos imagens artificiais com pouco significado como a do Pai Natal ou da árvore de Natal? O que está oculto por de trás deste dia que diria “mágico”? E que magia é esta?

De facto o NATAL celebra o nascimento de um Ser de dimensão Cósmica, cuja energia emanou do amado mestre Sananda e que na sua encarnação de há mais de 2000 anos se chamou JESUS. Este SER, dado o imenso AMOR que expressou e espalhou, mesmo tendo nascido em condições difíceis, tornou-se num AVATAR de dimensão global e intemporal.

Esta Energia tem-nos permitido celebrar o AMOR, a união e a PAZ. No passado, tréguas de muitas guerras foram marcadas e respeitadas neste dia. Ao se invocar este imenso AMOR, as pessoas tentam manifestar o seu apreço pelos seus familiares e amigos, oferecendo-lhes presentes e oferendas mais ou menos valiosas.

Disse “tentam manifestar” porque nem sempre tal acontece. Ficamos presos ao processo da compra, na confusão destes dias, ao consumo desenfreado de imensas inutilidades que achamos que o outro pode gostar. Esquecemo-nos por completo que se celebra o AMOR. A nossa capacidade de AMAR infinitamente.

NATAL é isto... A Celebração do imenso AMOR de DEUS Mãe/Pai que permitiu que há mais de 2000 anos, uma das suas mais directas emanações tenha encarnado para nos ensinar os caminhos do AMOR. O único caminho da nossa redenção. O único caminho para a nossa salvação.

Neste dia, e com base neste sentir celebramos o quanto somos Seres verdadeiramente amorosos por expressar este sentimento com oferendas aos que mais amamos.

Mas por favor não se esqueçam de sentir e de exprimir esse mesmo AMOR.

Não é a prenda que interessa. Não é o seu valor. Não é a quantidade e muito menos será a sua marca, qualidade, atributos e preço.

O que verdadeiramente interessa é o que cada um de nós sente, tanto no momento da compra como no momento do dar. Afinal o que queres expressar? Não será:

“Como és importante na minha vida”
“Como és um Ser amado por mim”
“Como brilha a tua LUZ em sintonia com a minha”
“Como afinal somos apenas UM.”

Que neste NATAL celebremos o nosso AMOR. Afinal o NATAL pode sempre ser quando um Homem quiser.

O Natal do AMOR que sentiríamos, se por momentos tivessemos ao nosso colo esse Menino Deus que outrora nasceu.

É esta a verdadeira “magia” do NATAL - O AMOR

AMEMOS A DEUS MÃE/PAI ACIMA DE TUDO
AMEMOS O PRÓXIMO COMO A NÓS MESMO.


AMEMOS... AMEMOS... AMEMOS...

FELIZ NATAL PARA TODOS

Fiquem bem...

(A Mónada)

3 comentários:

Excelsior disse...

...É.

É bom, encontrar escrito por palavras, aquilo que sinto no coração... mas numa forma positiva, que não transmita mágoa. Apenas um chamar de atenção, com palavras tão simples, ideias tão claras.

...

Para as Almas que ajudam a tornar este recanto um local de Luz (por vezes tão rara...) e para todos os que por aqui passam... os votos profundos e sinceros de uma Quadra Feliz, rodeados da mais completa forma de Amor.

Luz.

A Mónada disse...

Obg Excelsior... Aproveitei e passei pelo teu BLOG.

Gostei do sentir do AMOR/PAIXÃO do teu últimos post.

Gostei tb mto em particular do teu "Tango"... Excelente! Confesso que gostei mto de ver aquele filme...

Recebe um GRANDE abraço de LUZ.

BOAS FESTAS tb para TI

Fica bem

Excelsior disse...

...

:)))

Por aquilo que aqui ficou dito... e pelo subentendido... obrigado eu.

...

Gosto muito de vocês. Mesmo.

Abraço na Luz.