sexta-feira, 3 de julho de 2009

Expande o teu Amor Incondicional


Tu hoje tiveste um problema, um acidente e está com a neura. Vitimizas-te. Sentes-te miserável perante as circunstâncias da vida, como se tu não fosses o único responsável pelas tuas escolhas e por tudo o que te acontece.

Enquanto estiveres entretido a te achares vítima não consegues ver mais além… Sim! Lá nesse mesmo ponto onde a adversidade se transforma em uma nova oportunidade para gozares a grande experiência e o mistério que é estar vivo e poderes materializar tudo o que deseja.

Não precisas de saber meditar para ganhares consciência disto. Basta imaginar, visualizar, esse riquíssimo Mundo interior que é só teu. Lembras-te de quando eras uma criança e não te preocupavas com nada e em que acreditavas no imenso potencial da tua imaginação? Então?!?!?

Olha para as crianças vê se elas andam angustiadas e se andarem é por que os adultos as já as condicionaram para se sentirem assim. Normalmente na sua ingenuidade e simplicidade elas vivem felizes e alegres. Têm dificuldade em meditar, imaginar ou visualizar? Claro que não…

E Tu quem pensas que afinal és? Aquele que pensa ou aquele que observa os pensamentos?

Quando segues os teus pensamentos ficas de mau humor. Quando observas, tu até pode sentir o efeito dos pensamentos, mas como sabes que não te identificas com eles, não irás sentir essas emoções mais densas e ficas livre para AMAR.

Amando, as nossas culpas do passado viram pérolas de sabedoria. Os medos tornam-se em vivências de sucesso e por isso em imensas realizações no presente. O teu futuro constrói-se com os teus pensamentos e as tuas co-criações no momento presente.

Agora é aqui que reside a tua escolha. Como queres que seja a tua vida? Então vive-a assim no presente. Tu não és vítima de nada nem de ninguém a não ser de ti mesmo. Acidentes e acasos não existem. Tu co-criaste-os na tua vida, muitas vezes através da lei da atracção, para ganhares consciência que tudo o que se move no Universos é por AMOR.

Se te aconteceu uma desgraça ou contrariedade a responsabilidade é sempre tua. Assume-a, enfrenta-a com coragem e bravura pois és capaz de a superar se assim for a tua escolha. Não procures os culpados sem te encontrares a ti em primeiro lugar.

Se estás doente e sentes dor, agradece essa dolorosa companhia pois ela veio para te indicar e te reposicionar no teu caminho. Não te esqueças que se ela apareceu foi motivado por diversas formas de pensamento que desalinharam o teu Ser. Com ela tu vais aprender a voltar à tua trajectória e reencontrar a tua Alma.

Se tens altos e baixos no teu humor é porque ainda não aprendeste a dominar a tua mente e nos tempos que correm este sintoma tende a agravar-se. Este sintoma só significa que tens um caminho a percorrer, sobretudo no desapego, por isso se queres aplanar esses humores só tens uma forma…

Expandir o Amor incondicional da tua essência Divina por todo o teu Ser e tomares consciência que cada apego representa a tua prisão. Tu és um ser de LUZ e por assim seres eternamente, de nada mais precisas do que aprender a AMAR.

Fica bem

(A Mónada)

8 comentários:

Anónimo disse...

Será por não saber amar como devia que a pessoa que amo,não me ama,ou não quer mostrar o que sente?
Ou será que está comprometido com alguém que não pode ,ou não deseja abandonar, pk se sente feliz assim ?
Não sei a razão ,mas preciso saber quanto antes ,para não visualizar o que não devo,ou então, para visualizar com todas as minhas forças criativas até atingir o estádio do AMOR que desejo alcançar.
Sei quem quero,não sei é se devo querer e isto causa-me alguma falta de serenidade que não devemos sentir nunca.
Vou caminhando,de pés descalços,tentando "despojar-me" de td o que é material,para me preparar para o encontro com o AMOR que tanto quero.
Preciso,c/ td a urgência, ter a certeza absoluta do que sente quem amo ,para prosseguir a minha caminhada da vida,de forma feliz e tranquila.Peço à parte divina que faz parte dele que me comunique,telepatica/,ou p/ telemóvel,o k seria melhor.Espero que ele compreenda td a m / urgência e me diga s/ m/ ama ou não.
Tenho tido experiências c/ outras pessoas p/ o afastar d/ m/ mente pk o imaginei casado,mas não consegui.Se estiver comprometido,tentarei,de novo esquecê-lo,pk ng tem i direito d/ intrometer-se n1 casal.Mm k vá sofrer,será o k devo seguir.
maria

A Mónada disse...

Maria,

Que importa o que os outros sentem por ti se és tu quem amas? Se amas então vive esse amor incondicionalmente. Se o condicionas então não amas.

Agora só mais algumas perguntas: O que é estar comprometido? Pela expressão significa que fez promessas a alguém e por isso não pode fazer-te a ti... e isto é amor?

Cuida dos apegos... O que significa querer alguém quase como um acto de posse... Isso é amar? E porque estás tão ansiosa por saber se ele tem outra quando a única pessoa que interessa és tu?

Lamento Maria mas parece haver nessa tua possível relação, muito do teu EGO à mistura... e pior... do teu corpo de dor. Será que estás com medo de ser rejeitada por ele? de sofrer?

Maria... desperta desses mergulho no inferno da ansiedade. Se tu sentes amor por ele então vive esse amor sem condições... Se não fores correspondida tu não deixas de sentir amor e por amor abandonas essa relação e continuas a tua vida. Porquê tanta ansiedade? o que estás a fazer depender para sentires esse amor?...

Se me permitires um conselho... respira fundo 3 vezes e depois para ti mesma pergunta-te: Será que eu AMO-O? O que sinto eu afinal? Porque digo para mim que sei quem quero?

Quando se ama não há o "Sei quem quero,não sei é se devo querer..." entendes? Quem ama dá, entrega-se a esse sentir e não quer ter (possuir) ninguém.

Tens de sentir nesse teu coração algo de doce e terno sem condições quando estás perto de esse Ser. Segue o teu caminho e não esperes qualquer comunicação telepática. As almas não comunicam pelo desejo mas sim pelo silêncio do Amor.

Cuida antes da tua auto-estima, do teu amor próprio, pois será no transbordar desse sentir do Amor que poderás Amar o outro. Só aí encontrarás a felicidade e a tranquilidade que procuras.

Esse caminho é só teu... e não depende de ninguém. Se o condicionas perdes a liberdade de Ser e enfias-te numa prisão.

Sente-te profundamente AMADA POR NÓS e Fica bem...

Mónada e MARLIZ

Anónimo disse...

....(cont.)
Não o vejo como posso sentir "algo de doce e terno sem condições quando "estou" perto de esse Ser"?
Fugi, precisamente,dele, p/ pensar k não deveria amá-lo p/ ele ser casado,como m/ parecia,e eu achar k deveria eskecê-lo.AMOR INCONDICIONAL?Sim....mas nestas condições em k gostaria de vê-lo,pelo menos?Ontem , pareceu-me tê-lo visto,mas deve ter sido o desejo gd d/ vê-lo....
Eu espero o AMOR como se esperasse a comida n1 campo d/ batalha.

A Mónada disse...

Maria,

Não esperes mais pelo Amor... Tu tens todo o AMOR que precisas. Em tua essência Divina tu és LUZ e AMOR. Precisas de o encontrar no vazio da tua mente esse mesmo sentir.

Agora tu gostarias de encontrar um companheiro para partilhar o caminho duro da Vida... Isso é outra coisa... Então aí só te posso dar mais uma dica:

Segue sempre o sentir do teu coração. Ele saberá afastar-te dos perigos e aproximar-te de quem te possa ajudar para depois aprenderem juntos os desígnios do AMOR.

Fica bem...

Anónimo disse...

Muito agradecida,Mónada.
Fica bem.
Abraço de luz do meu coração ao teu.
maria

A Mónada disse...

Muito Obrigado Maria,

Vem aqui sempre que quiseres continuar na Senda so AMOR... Esta é a tua NAVE...

Na LUZ os nossos corações estarão sempre unidos...

Fica bem

Anónimo disse...

É tão bom quando se aprende amar. É ainda melhor quando nesse mesmo caminho, os disabores que nos atingem são ultrapassados e reeorganizados de uma forma positiva e natural permitindo-nos crescer e amadurecer.
Para mim, quem assim consegue, consegue muito.

Bom Post!

Soraia :).

A Mónada disse...

Assim é Soraia...

Mto obrigada pela tua partilha.

Vem sempre que quiseres navegar nesta tua NAVE.

Abraço de AMOR e LUZ...

MARLIZ e Mónada