quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Pensamentos e mais Pensamentos...


Pensamentos e mais pensamentos… mas que ruidosa está essa mente. Sim essa mente porque a alma e o espírito não pensam e só se manifestam no silêncio dela.

Escusas de estar agora muito atento porque a tua mente contínua pensando a níveis mais subtis do subconsciente e inconsciente, já que estás a forçá-la a ficar calada no consciente.

Para fazer o silêncio não basta te calares e muito menos tentares parar o teu fluxo de pensamentos porque não consegues parar assim tão facilmente os que estão por baixo deles. É preferível ocupares a tua mente com algo criativo ou relaxante, em que possas notar, por outros indicadores corporais, que o teu metabolismo energético celular está reduzindo. Aí sim estarás reduzindo o fluxo dos teus pensamento e indo ao encontro da tua alma e do teu espírito.

A alma não tem stress nem qualquer forma de urgência pois ela não depende do tempo nem sabe o que isso é. Também não tem referências espaciais, no entanto pode fazer recordar-te de locais por onde tenhas passado e onde uma forte carga emocional tenha registado essa imagem através dos registos akáshicos ou cármicos dela.

O espírito, esse nem memória tem… é simplesmente a natureza da tua essência, é o Divino que há em ti. No entanto também se manifesta através da alma nos teus corpos mais densos, por via do mecanismo da intuição.

Se são a tua alma e o teu espírito o que te identificam na tua eternidade então como é que tu não permites que elas se manifestem e se exprimam, para que mais rapidamente assumas o caminho da Ascensão?

De que estás à espera para começares a controlar esses pensamentos e mais pensamentos e deixares que a tua alma e o teu espírito se manifestem e se exprimam num meio onde tudo lhes é tão natural.

Mas que meio é esse perguntarás tu? Não és capaz de adivinhar?

Pois… É o teu Mundo interior… É no sonho e na imaginação que a alma e o teu espírito se conseguem manifestar. Usando técnicas de visualização criativa a energia segue a imagens que crias e dão-lhe forma e sentido. Na visualização criativa (sonho consciente) tal como no sonho quando estamos adormecidos (sonho inconsciente) é que por processos intuitivos a alma se pode expressar e tornar-te consciente de sentimentos, paixões e memórias mais remotas que condicionam a tua vida.

É por isso que se procura dar significado aos sonhos. Sonhar de forma consciente pode tornar-se num acesso directo à expressão da alma, do espírito e mais além.

Através dessa faculdade que todos temos de podermos sonhar, e de forma bem consciente, é que poderemos materializar os nossos desejos, pois só se realizarão os que forem objectos de aprendizagem para as nossas almas, em conformidade com os desígnios que escolheste ao assumires viver mais esta encarnação.

A busca do sentir da alma deve ser para ti a LUZ que te orienta no teu caminho. O sonho consciente é o único espaço em ti onde poder recriar a tua Divindade. Repara bem que nesse teu Mundo interior não há tempo, nem espaço. Tudo abunda porque tudo tu podes co-criar… este é o ambiente natural da alma e do espírito, que só conhecem as limitações impostas pelos teus corpos físicos mais densos como sejam: o corpo físico, o corpo mental e o emocional.

Esse é um dos meios mais importantes para tornares consciente em ti uma Consciência Maior que tu és. Tu és enorme se pudesses expandir toda a energia cósmica que te está associada como sendo um só. É por isso que pela visualização criativa, tal como pela meditação, tu podes mergulhar na consciência cósmica que mora em ti, expandi-la e torná-la LUMINOSA, AMOROSA e CRíSTICA para todos.

É este o teu verdadeiro poder. DEIXA que ele se expanda nas múltiplas dimensões em que te manifestas, para poderes Ascender como um Ser Uno e Integro.

Recebe em teu coração a Energia Cósmica que o faz despertar e expande-te em AMOR.

Deixa que esse AMOR se expanda pelo Planeta numa dança de PAX e Esplendor.

Deixa-me finalmente agradecer-te por tudo o que és e vais ser ainda nesta vida aqui na Terra.

Sim tu!!! Tu mesmo que leste estas linhas… e que vibraste com elas.

Bem hajas…

Fica bem

(A Mónada)

7 comentários:

Anónimo disse...

Mónada:
Se és um ser como eu ,em busca da perfeição,compreender-me-ás melhor.
Deixa-me falar um pouco contigo.Sim?
Tenho procurado ser melhor,em cada dia,mas,ultimamente,tenho sentido ,com maior intensidade a ausência do AMOR entre mim e outro ser de sexo diferente.
Amor incondicional é aquele que tenho vindo a conseguir dar e receber também....mas o outro...
Quero dar o meu sorriso,a minha alegria,em cada dia, e,por vezes sinto algumas dificukdades.
Como ser humano,falta-me a parte a que já me referi e sinto que não consigo sobreviver assim.É que este tipo de Amor também é tão importante!Penso que deve estar anexado ao incondicional.
Sei ,tenho consciência de que não poderemos ser felizes,tornando os outros infelizes.Mas como posso fazer visualizações criativas como tenho já feito,relativamente à minha FELICIDADE com outra pessoa,se nem sequer sei se ela continua casada,a viver com outra ou a namorar?
Já pensei:só a amo a ela....não consigo amar assim qualquer outra...mas como vou atingir a FELICIDADE? Não tenho a certeza se me ama e ainda por cima se está "disponível" para nos amarmos....Fala comigo,por favor!Ajuda-me a resolver este problema.
Não consigo ter as respostas para estas questões porque já não a vejo,há quase dois anos e não tenho ninguém que me diga algo.
Será que ela me ama também,tal como a amo?
Para mim ,viver sem amar e ser amado,não é viver.....
HELP ME,PLEASEEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!!!!
Flor

A Mónada disse...

Olá Flor,

Se quiseres poderemos continuar esta conversa por mail. O meu mail encontras à direita na NAVE, bastando para isso clicar onde disser "email da NAVE". Também poderemos falar no msn se preferires uma conversa mais directa.

Estas questões sobre relacionamentos precisam sempre de ser mais trabalhadas até pq a maioria deles tem origens cármicas.

No relacionamento a dois o que causa verdadeiramente o sofrimento são os apegos e as dependências afectivas, que nada tem que ver com o Amor e muito menos com o Amor incondicional.

Também estou perfeitamente de acordo contigo de que o culminar da nossa forma de expressar o Amor é de facto a sexualidade. Por isso expressar o Amor ao outro doando-se fisicamente e proporcionando a ambos o prazer da partilha sexual é algo antes de mais absolutamente divinal... mas tem de ser assim e não apenas uma mera experiência física a dois.

Relativamente aos relacionamentos... ao acabar... é tb uma forma de amor incondicional deixar partir a pessoa amada quando ela nos deixou de amar. Claro que através do nosso EGO ninguém gosta de se ver rejeitado. Mas lá no fundo quando 2 almas atingem a fase em que o processo de aprendizagem conjunta termina... então têm mesmo de se separar e partir seguindo rumos diferentes mas assumindo todas as responsabilidade e consequências dessa escolha.

Mas muito mais eu e a MARLIZ podemos partilhar ctg. E abre-te para a Vida pois ela tem de ser vivida com AMOR sim mas tb com muita energia e alegria.

Sabe no entanto que as melhores escolhas e decisões que tomares são sempre aquelas em que nos deixamos conduzir pela alma através do nosso coração.

Espero ter ajudado... Mas estamos à tua disposição sempre que precisares

Fica bem

Anónimo disse...

Mónada:
Hoje,não vou escrever mais nada.Voltarei a ler o texto que me deixaste,amanhã,e,se tiver dúvidas,entrarei,novamente,em contacto contigo.
Por agora...bem-hajas.
Fica bem.
Flor

Anónimo disse...

Mónada:
Penso que estou,devidamenteesclarecida, e não necessito,depois de uma nova leitura do post,voltar a "falar" contigo.
Há ,todavia,algo de novo,em mim ,que me "obriga" a fazer uma paragem,na minha vida-o facto de me estarem a faltar "forças" para acreditar que vou encontrar o meu AMOR,a curto prazo.
Retive tudo o que me "disseste",neste espaço, e houve algo que me deixou a pensar:
-Será que a pessoa que me ajudou a evoluir,espiritualmente,terminou a sua função,em relação a mim e nunca me amou?
Então por que razão eu continuo a amá-lo e a esperá-lo,tendo,na minha mente e na minha alma, a certeza de que é o Homem das minhas várias vidas, com o qual fui imensamente feliz?
SE ele está feliz com alguém não quero perturbar a sua relação,mas também não sei o que fico,aqui,a fazer,neste COSMOS....
Interpretei-o mal? Talvez,mas ,agora,então,nada faço,aki....
Fica bem e muito feliz
Abraço de luz.
Flor

A Mónada disse...

Flor,

Sempre que alguém nos deixa tendencialmente achamos que ela nunca nos amou... o que não é verdade, simplesmente os caminhos a seguir daí para a frente é que são diferentes.

Nós somos energia de LUZ manifestando-nos na fisicalidade mas não deixámos de pertencer à imensidão de LUZ que Deus é. Por isso sendo feitos da mesma energia nós não nos deixamos de Amar.

Agora, fico muito triste por fazeres depender o teu propósito Maior de outra pessoa. Isso não pode ser pois a dona de todo o AMOR que possas sentir és mesmo tu e não depende de ninguém. Enquanto não entenderes isto não podes alcançar a felicidade com ninguém. Pois irás sempre procurar no outro o que ele não te pode dar.

Ninguém te pode dar o que tu já tens no teu interior. Entendes?

Mas se o não sentes então também não podes Amar ninguém.

Agora urge descobrir o que fazes aqui pois se aqui estás a tua alma sabe qual é a tua missão.

Mas vou dar-te uma dica... busca aquilo que te causa entusiasmo... Aquilo que te pode fazer perder a noção do tempo e espaço. É por aí o caminho que deves trilhar para descobrires o que afinal vieste fazer aqui.

Recebe um GRANDE abraço cheio de LUZ

Fica bem

Anónimo disse...

Mónada:
Não estava a pensar deixar-te ,aqui,algumas palavras,quando,de repente,resolvi fazê-lo.
Não quero incomodar-te,,,cansar-te,com um assunto que me diz respeito e que tenho de ter capacidade para o resolver e/ou ultrapassar,mas a verdade é que sinto que já sofri demais com as "ligações kármicas" em que acredito e,neste momento,acho que quero recolher,nesta minha vida,os momentos mesmo bons e felizes que não consegui alcançar,até agora.
Digo para mim própria e para este Cosmos de que faço parte:BASTA!!!!!ASSIM NÃO QUERO VIVER!!!!!
E digo isto,de forma bem consciente,porque passei toda a vida à procura do AMOR,na sua plenitude.Sei que amei e fui amada,mas não na sintonia perfeita que acredito que todos os seres humanos podem atingir ,se assim quiserem.
Quero sair daqui,deste espaço frente a um monitor....quero ver o Sol,as flores...os animais....as pessoas ....TUDO!Mas gostaria que o meu coração atraisse o outro coração de que gosto ,com toda a minha ALMA e do qual tenho "fugido",eu sei.Mas há razões para o ter feito:pessoa casada ou "junta",mostrando-me o era /não era....
Agora acho que mereço tudo o que este Cosmos tem de bom e de bonito.Tentei não me revoltar ,nos períodos difíceis....tentei...(não quero "armar-me" em boazinha porque nem sempre o fui,mas sinto-me a chegar à meta desta vida ,sem ter concretizado os meus GRANDES SONHOS- Amar e ser amada...termos saúde os dois,vivermos em paz e termos uma situação económica que nos permita fruir os espaços que ainda não visitámos....
É verdade que o AMOR deve estar dentro do meu coração,em primeiro lugar,mas se depois ele também não sente AMOR,de que me vale?
NÃO AO MEDO!SIM AO AMOR!-aprendi,no "COnversas com Deus".Não tenho medo de nada,amo toda a gente,de forma incondicional...o que me falta?
Tirar a conclusão de que o referido ser seguiu outra via, na estrada das nossas vidas, porque terminou a sua missão em relação a mim?Mas eu a ele nada dei....não tive tempo...nem espaço,nem situação de disponibilidade ,porque quando nos conhecemos estávamos os dois casados com outros seres.
Continuo a fazer a pergunta e sem medo:
-O que fico a fazer,aqui,neste Cosmos,sozinha(sem ele!)?
Abraço com muita luz
Flor

A Mónada disse...

Flor,

Antes de mais não incomodas nadas e acredita que a nossas conversas são seguidas por outros... Por isso serve para ti... serve para mim... e serve para todos.

Depois gostaria de te deixar a seguintes dicas:
- Não procures ninguém para amar; Simplemente AMA a vida...
- Não penses que não tens propósito de vida sem ele... ou sem aquele que julgas ser o teu complemento. Ele pode não ser o teu companheiro ideal para esta vida.
- Dá amor... incondicionalmente aos outros e a tudo o que fizeres... deixa que o teu amor e a tua energia atraia para a tua vida um companheiro... mas não tu.

Vive a partir do teu mundo interior a verdadeira VIDA.

Fica bem...

(A Mónada)