terça-feira, 28 de maio de 2013

Quero-te Amar...

.......... Quero que me oiças sem me julgares.

Quero que me dês a tua opinião sem me aconselhares.

.......... Quero que confies em mim sem me exigires.

Quero que me ajudes sem tentares decidir por mim.

.......... Quero que cuides de mim sem me anulares.

Quero que olhes para mim sem projectares as tuas coisas em mim.

.......... Quero que me abraces sem me asfixiares.

Quero que me animes sem me empurrares.

.......... Quero que me apoies sem te encarregares de mim.

Quero que me protejas sem mentiras.

.......... Quero que te aproximes sem me invadires.

Quero que conheças as coisas que mais te desagradem em mim.
.......... Que as aceites e não pretendas mudá-las.

Quero que saibas... que hoje podes contar comigo...
...........
Sem condições.


Texto de Jorge Bucay publicado no prólogo da terceira reedição de Cartas para Claudia, em 1989

Será que poderemos amar assim?

Sem condições...


Fiquem bem.
(A Mónada)

2 comentários:

Luz13 disse...

É como diz Aline da Cidade das Pirâmides, “A vida é como o mar, hora manso, hora de ressaca, perigoso, mas lindo em suas manifestações”. “O auto-conhecimento desperta a nossa consciência”.”A consciência desperta nos leva a sabedoria de sermos senhores apenas de nosso universo” Veja o programa www.deolhonomundo.com você irá gostar muito! Abraços.

A Mónada disse...

Olá!

Obrigado pelo comentário e pela sugestão.

Abraço de AMOR e LUZ...