segunda-feira, 25 de maio de 2009

O Pentagrama Virtuoso


"Vou contar-vos uma história que eu ouvi há muito tempo. Uns Iniciados enviaram os seus discípulos para uma ilha deserta para eles desbravarem o terreno e o tornarem produtivo. E disseram-lhes:

- Quando tiverdes terminado a vossa tarefa, um sino anunciar-vos-á a nossa chegada.

Os discípulos puseram-se imediatamente a trabalhar, e em breve a ilha se tornou um verdadeiro paraíso. Ora, o sino não tocava. Eles fizeram outros trabalhos, mas continuavam a não ouvir nada. Reflectiram durante muito tempo e, subitamente, jorrou a luz: eles não tinham pensado em construir um altar para a Divindade. Empreenderam imediatamente a sua construção...

No instante em que ele foi terminado, o sino tocou, os Iniciados chegaram com solenidade e colocaram na fronte dos discípulos um pentagrama luminoso, símbolo das virtudes espirituais.

Este relato ensina-nos que, quaisquer que sejam as suas realizações na terra, o homem só termina a sua tarefa quando tiver construído em si próprio o altar do Senhor, isto é, quando tiver conseguido manifestar as cinco virtudes do pentagrama: o amor, a sabedoria, a verdade, a bondade e a justiça."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Escolho muitas vezes este autor pois ele ensina-nos a direccionar a nossa vida… e mais uma vez assim é. Por isso ouso comentar este texto:

O AMOR é a primeira e a mais importante das 5 virtudes que todos nós devemos manifestar nas nossas vidas e sem a qual as restantes 4 não se poderão desenvolver na sua plenitude.

A SABEDORIA decorre das vivências e da aprendizagem que fazemos com elas. Esta virtude torna-se mais evidente quando nos observamos de uma forma continuada, sem bloquear emoções e continuando empenhados da mesma forma nos papéis que assumimos na nossa fisicalidade.

A VERDADE corresponde ao estado de auto-conhecimento que permite a integridade do Ser nas suas múltiplas dimensões. É o ser genuíno, viver direccionado pelo sentir da alma e impulsionado pela personalidade que se manifesta através dos corpos físicos.

A BONDADE decorre naturalmente do AMOR que sentimos em nossos corações. Ela é a emanação directa desse sentir quando se manifesta no cardíaco e não no mental. Por isso, esta virtude só se manifesta verdadeiramente quando estamos conscientes do grande AMOR Incondicional gerado no nosso Mundo Interno e que por isso não depende do exterior.

A JUSTIÇA é a virtude mais complexa de manifestar pois estamos habituados, e de longa data programados, a tudo julgar, criticar e objectar. A verdadeira justiça decorre do discernimento no nosso processo de escolha, quando observamos com os “olhos” da nossa Divina Presença, sem crenças e mitos, e optamos de acordo com o sentir do nosso AMOR. Só assim seremos justos connosco e com os outros.

Tal como refere o autor, o nosso trabalho é árduo e quotidiano mas mais do que nunca, a obtenção do pentagrama luminoso está ao nosso alcance, pois a energia que nos chegará durante os próximos meses é Crística e muito intensa.

Aproveitemos bem estes momentos únicos para meditarmos e nos sintonizarmos pelo coração com a nossa alma e com a nossa Divina Presença. O momento é de recolhimento.

Estou certo que todo o trabalho realizado agora com esta intenção será largamente amplificado o que permitirá elevar muitíssimo o nível vibracional de cada um, e se sintonizado com o do Planeta Terra, ajudará também a elevar globalmente a sua vibração.

No AMOR incondicional encontrarão a expansão destas cinco virtudes fundamentais.

Sintam o vosso Pentagrama Luminoso.

Sintam a vossa LUZ.

Fiquem bem...


(A Mónada)

2 comentários:

Ashtar Hian disse...

Olá!!

Ofereço-te uma prendita, um selo violeta que recebi.
No meu blog está a explicar.

http://cyber7.blogspot.com/2009/06/violeta.html

Abraço

A Mónada disse...

Asthar,

Muito Obrigada pela Prenda.

Um GRANDE Abraço de LUZ