sexta-feira, 1 de maio de 2009


Depois do último post alguns poderão ter pensado: Pois isto é simples de escrever mas é difícil de concretizar. Como por em prática a COMPAIXÃO?

Um dos processos é o da visualização criativa. Podemos sempre reconectarmo-nos com a nossa alma usando esse instrumento magnífico que é o cérebro, quando comutamos do modo de processamento analítico mental para o processamento cinestético sensitivo e aí dissolvermos a memória associada à emoção sentida no passado. Assim poderemos através da nossa alma, representada sob a forma da nossa criança interior, a quem abraçamos e com quem nos queremos reconciliar, envolver de energia violeta (transmutadora) o nosso sentir e entregar todo o resultado do nosso processo de expansão de emoções aos SERES DE LUZ, que nos sirvam de referência e que nos protejam durante todo este processo.

Recomendamos o ancoramento para protecção, antes mesmo de começarmos o processo, na energia do Arcanjo Miguel, e depois, a entrega de toda essa energia transmutada ao Arcanjo Gabriel ou mesmo colocando-a no regaço daquela que é a Rainha de todos os Anjos, a nossa Mãe MARIA.

Podes achar demasiado mística toda esta operação, mas acredita que este processo de cura é poderosíssimo e está à disposição de todos. Todos nós somos dignos de aceder a esta nossa mestria, a estes SERES DE LUZ, através do poder da visualização criativa ou da meditação.

TU ÉS CAPAZ DE VER, SENTIR E VIVER no teu mundo interno o que tu mesmo és.

Tu és um Ser de LUZ encarnado.

Através da tua “visão interior” tu exerces o PODER DA COMPAIXÃO DIVINA
.

Tu sabes que o teu mundo exterior não é uma realidade absoluta. É apenas a tua realidade, a realidade das tuas crenças e mitos, que até pode ser comum a muitas outras pessoas, mas nem por isso deixa de ser limitada.

Tu também sabes que essa realidade muda consoante os teus pensamentos e emoções. Se a qualidade deles mudarem, a tua realidade muda, pois ela não é vista com os olhos mas sim com a tua mente analítica e descodificadora, através do filtro das tuas crenças e mitos.

Afinal em que é que tu acreditas? No mundo que te rodeia, aquele que consegues distorcidamente ver em função do que os teus olhos físicos te transmitem? Ou, pelo contrário, na tua presença que é Divina, eternamente amorosa, que anima o teu corpo e mente, que assim te permite sentir todas essas emoções e Ver o que tu afinal és?

A Escolha é tua.

A ORIGEM DE TODA A CURA ESTÁ NESTE PODER IMENSO DA COMPAIXÃO DIVINA que já habita em cada um de Nós.

Fiquem bem,

(A Mónada)

Sem comentários: