sábado, 15 de agosto de 2009

A Força da tua Essência


"Vós tendes sempre tendência para considerar as dificuldades como impedimentos. Na realidade, muitas vezes é nas condições difíceis que o homem tem as maiores possibilidades de crescimento, e isso acontece precisamente porque ele está num aperto.

Observai como a árvore da floresta resolve esse problema. Numa floresta, todas as árvores estão tão apertadas que, se uma delas quer expandir-se, as outras impedem-na. Então, essa árvore diz para consigo: «Estas condições são más para o meu desenvolvimento, mas eu vou encontrar uma solução…» Ela não pode expandir-se para os lados, é verdade, mas nada a impede de se lançar para cima. Nesta direcção, o espaço é livre, ela já não encontra obstáculos.

Acontece o mesmo com o ser humano. Quando ele já não consegue ir nem para diante, nem para trás, nem para o lado, só lhe resta dirigir-se para cima, isto é, lançar-se para o mundo espiritual, pois nessa direcção ninguém pode opor-se às suas aspirações."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Começo este post com este texto sábio para vos relembrar da vossa essência e da força que ela tem e à qual todos nós temos acesso.

Todos nós temos nessa nossa essência a solução para todos os nossos problemas. Muitas vezes não sentimos que essas dificuldades servem para nos elevarmos ainda mais. Preferimos assumi-las como impedimentos e dificuldades.

De facto, elas são isso mesmo se seguirmos na mesma direcção que fez com que as tivéssemos atraído para a nossa vida. Se insistirmos, elas podem tornar-se em obstáculos intransponíveis.

Então como achas que deve ser a tua atitude? Teimar?... e depois reclamar e achar que é uma injustiça… que não és capaz?

O que esperas obter com essa atitude? Mais desânimo? Tornar o teu caminho penoso?

De que serve revoltares-te se foste tu mesmo que escolheste e atraíste essa situação para a tua vida? Ainda não entendeste que tens de mudar?

Olha o exemplo da árvore que refere o autor deste texto. Ela descobriu que o único caminho que pode seguir sem qualquer impedimento e dificuldade é o caminho da LUZ e do AMOR.

Assim é quem confia na Mãe/Pai que é a Fonte que tudo é. Assim és tu quando acreditas, quando te entregas e confias nos desígnios que te são apresentados pela tua Alma. Ela sabe sempre qual o caminho que deves seguir, pois Ela tem como objectivo único que sigas o caminho da LUZ e do AMOR.

Estás desesperado e não te conformas com o que te aconteceu? Fizeste tudo o que estava ao teu alcance?

Então ouve o que diz o teu coração e toma consciência do caminho que trilhaste e que te conduziu a essa situação. Mas não fique lá, nesse passado. Olha agora em frente e para essa dificuldade… Sentes que é de facto um impedimento? Ou que pelo contrário é apenas mais um obstáculo que vais ter dificuldade em superar e que depois te vai saber tão bem em o teres conseguido ultrapassar.

E sabes porquê? É na alegria como encaras a vida que esses obstáculos se tornam mais pequenos até quase desaparecerem.

Porém, se no teu coração sentes que essas dificuldades ou contrariedades são impedimentos, e não sabes o que fazer?

Então segue o caminho em que não esbarres com mais dificuldades do mesmo tipo… esse é o caminho da LUZ e do AMOR.

Achas que é complicado… difícil… que te cria ansiedade?!?!?

Olha para a árvore deste texto… Ela conseguiu e tu também consegues se te deixares guiar pela energia amorosa que mora em teu coração.

Aí está a força da vida. Aí mora o que mais verdadeiro existe em ti.

Aí mora Deus…

Fica bem

(A Mónada)

2 comentários:

Mada melchizedeck disse...

O texto me fez chorar.Quando li,minha memória foi ao passado e me dei conta que realmente só reagi positivamente diante dos problemas,quando passei a fazer como a árvore,que percebe como única saída olhar para o alto e sintonizar com as energias puras do céu.
Mais uma vez sinto gratidão pelo trabalho amoroso da nossa Nave Azul.
Eu sou Madalena Melchizedeck

A Mónada disse...

Mada,

Obg pelas tuas palavras...
Ainda bem que ganhaste consciência disso pois é assim para todos e são mto poucos os que sentem as coisas assim.

Bem hajas pelo teu comentário.

Volta sempre.

Fica bem

MARLIZ e (A Mónada)